CMJP aprova título de cidadão pessoense para Bolsonaro e vereador quer ‘derrubar’ honraria na Justiça

Segundo Marcos Henriques, deveria haver dois terços favoráveis para que a honraria fosse aprovada (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil/Arquivo)

A Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) aprovou o título de cidadão pessoense para o presidente Jair Bolsonaro (PSL), mas o líder da oposição, vereador Marcos Henriques (PT), vai questionar na Justiça a aprovação. O projeto foi votado na manhã desta quarta-feira (20).

Foram 17 votos, sendo 12 a favor, três contrários e duas abstenções. Segundo Marcos Henriques, pela Lei Orgânica, deveria haver dois terços favoráveis para que o projeto fosse aprovado.

Em entrevista ao ClickPB, a vereadora Sandra Marrocos (PSB) questionou: “Ele fez alguma coisa por João Pessoa? Ele tem atitudes que prejudicam toda uma nação e, consequentemente, João Pessoa. Quando ele propõe a extinção do programa Mais Médicos para capitais e regiões metropolitanas e João Pessoa perde 48 profissionais da Medicina. E quem se prejudica são as pessoas em situação de pobreza.”

Ela declarou que votou contra a aprovação da honraria para Bolsonaro. “Eu tenho clareza sobre o meu voto: foi não. E eu não reconheço esse título para esse cidadão. Ele tem feito mal para minha cidade. Votei não principalmente pelas pessoas em situação de pobreza.”

O projeto foi de autoria do vereador Carlão da Consolação (PSDC). Ele declarou, em entrevista à rádio Arapuan, que defendeu a concessão do título considerando as ações de governo do presidente Jair Bolsonaro.

ClickPB