CMJP concede Título de Cidadão Pessoense ao governador de PE - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

CMJP concede Título de Cidadão Pessoense ao governador de PE

TÍTULOA Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) entregou, na manhã desta quinta-feira (12), o Título de Cidadão Pessoense ao governador do estado de Pernambuco, Eduardo Henrique Accioly Campos (PSB), em sessão solene ocorrida no auditório da Faculdade Maurício de Nassau, na Avenida Epitácio Pessoa, na Capital. A propositura para a solenidade foi do vereador Renato Martins (PSB).

O parlamentar enfatizou, em sua justificativa, que o homenageado era um dos maiores gestores da Região Nordeste e do país. Renato Martins disse que o trabalho do atual presidente do Partido Socialista Brasileiro orientava sua própria atuação na Casa Napoleão Laureano e classificou como promissor o futuro do político pernambucano no cenário nacional.

O passado de Eduardo Campos com João Pessoa sempre foi muito generoso. Foi na época em que ele era ministro que conseguimos aprovar o projeto da Estação Ciência, um dos principais pontos turísticos da cidade; foi também enquanto ele era deputado federal que nós conseguimos obter mais recursos para revitalizar o Centro Histórico; e como presidente nacional do PSB ele é hoje, talvez, o político que mais a sociedade brasileira precisa escutar para retomarmos o caminho do desenvolvimento socioeconômico”, avaliou o vereador pessoense.

O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), também elogiou a contribuição do homenageado no cenário municipal, estadual e nacional. “Eduardo Campos é um dos grandes talentos da política brasileira formado ao longo dessas últimas décadas de redemocratização do país. Ele consegue aliar a tradição – já que é neto do político que talvez mais conseguiu expressar a alma e a resistência nordestina, que foi Miguel Arraes – com a modernidade necessária para poder fazer do Brasil uma grande potência social, cultural, educacional e econômica. Juntando esses dois aspectos, ele já conseguiu fazer de Pernambuco uma referência muito forte para o Brasil inteiro, sendo o governador mais bem avaliado do país, e isso é fruto de seu talento, de seu trabalho e de sua visão”, observou.

Governador da PB lembra apoio de Eduardo Campos para realização da Estação Ciência

Ricardo Coutinho também lembrou as realizações obtidas para a Capital paraibana, quando ele estava à frente da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através do diálogo e da parceria com Eduardo Campos, destacando o apoio que o então ministro da Ciência e Tecnologia deu para a realização das obras da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes. “Ele me orientou muito, e hoje está aí a nossa Estação Ciência”, disse.

A Câmara Municipal de João Pessoa foi profundamente feliz em reconhecer a contribuição de Eduardo Campos não só para João Pessoa, mas para a Paraíba e para o país, e lhe conceder a cidadania pessoense”, finalizou o governador paraibano.

O Decreto Legislativo 318/2009, que concedeu o Título de Cidadão Pessoense ao político pernambucano, foi proposto na CMJP pelo vereador Bira (PT), em 2009. No documento, a Mesa Diretora da Casa Legislativa destaca os relevantes serviços prestados pelo político ao povo brasileiro, nordestino e, por conseguinte, à população da Capital paraibana.

Homenageado diz que união dos estados fortalece o Nordeste no cenário nacional

Em seu discurso de agradecimento, Eduardo Campos externou sua alegria por ser adotado, através da CMJP, como mais um filho de João Pessoa e não poupou elogios à Capital paraibana. “A marca desta cidade é a generosidade, é a acolhida, é a capacidade de fazer a gente se sentir paraibano. Todo nordestino tem um pouco de paraibano, de sua bravura e de sua altivez, inspirando-se na capacidade de fazer páginas tão bonitas como os paraibanos fizeram na história brasileira, e eu me sinto mais comprometido ainda com o Nordeste brasileiro e com a integração dos nossos estados, sobretudo dizendo a todos os pessoenses que aqui existe alguém que está se colocando à disposição para contribuir com os sonhos e as lutas do povo paraibano e de João Pessoa. É a única forma que eu tenho de retribuir a essa distinção e a essa generosidade”, comentou.

O governador de Pernambuco também refletiu sobre a evolução política brasileira nos últimos 30 anos, depois do reinício do processo democrático no país, e falou das conquistas obtidas pelo Brasil na última década, através da adoção, por parte do Governo Federal, de benefícios sociais à população que se encontrava abaixo da linha de pobreza, diminuindo a desigualdade e a má distribuição de renda principalmente no Nordeste do país.

Ele também ressaltou que as alianças entre os estados da região estão bem mais fortes e apontam para a construção de um futuro melhor para os nordestinos. “Houve um tempo em que alguns gostavam de jogar um estado do Nordeste contra o outro, e esse tempo não foi bom para a nossa região, pois perdemos oportunidades, geração de empregos, e não vimos diminuírem as desigualdades que nos separam do Brasil mais rico. Nós começamos a unir o Nordeste e não queremos ser vistos apenas como as urnas do Brasil, queremos ser vistos como uma parte do país onde ainda há muita injustiça, mas onde há também um povo muito generoso e que deseja ter oportunidades para poder emprestar ao futuro desta nação dias melhores”, observou o homenageado.

A sessão solene da CMJP foi presidida pelo vereador Zezinho Botafogo (PSB) e também foi prestigiada pelos vereadores Djanilson (PPS), Felipe Leitão (SDD) e Lucas de Brito (DEM). Entre outras autoridades presentes, estavam: o vice-governador do Estado da Paraíba, Rômulo Gouveia (PSD); o vice-governador de Pernambuco, João Lyra Neto (PDT); o arcebispo da Paraíba, Dom Aldo Pagotto; o subprocurador-geral da República, Eitel Santiago; o deputado federal paraibano Efraim Filho (DEM); os deputados estaduais paraibanos Mikika Leitão (PSL) e Jutay Meneses (PRB); a deputada estadual pernambucana Raquel Lyra (PSB); o prefeito de Bayeux, Expedito Pereira (PSB); o presidente da Federação de Associações de Municípios da Paraíba (Famup), Buba Germano; Diogo Cunha Lima, representando seu pai, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB); o ex-deputado paraibano Assis Lemos; além de militantes do PSB, que lotaram o auditório da Faculdade Maurício de Nassau.

Érika Bruna Agripino