CMSR discute com superintendente do DER situação da rodovia PB-016 que liga acesso Odilândia a BR 101

CMSR discute com superintendente do DER situação da rodovia PB-016 que liga acesso Odilândia a BR 101

A Câmara Municipal de Santa Rita-PB,  realizou nesta terça-feira (20), ás 10:30 horas, uma sessão especial que discutiu a mobilidade do Distrito de Odilândia que liga o acesso Santa Rita a BR 101 João Pessoa. A propositura é de autoria da vereadora Rosely Diniz (PCdo B) conhecida popularmente por Rosa do Vaqueiro, que segunda a parlamentar requereu a presença do Departamento de Estradas e Rodagens – DER, para discutir a situação da rodovia PB-016 que a bastante tempo vêm causando prejuízo aos produtores rurais (Abacaxi) daquela localidade, além do polo industrial das águas minerais e demais cultivos, que o problema se alastra há anos e que atualmente a situação piorou mais ainda se estendendo para área social da comunidade atingindo as áreas de saúde e segurança pública como tanto o escoamento da produção agrícola e da pecuária.

Na período do inverno é lama e no verão é buraco, com isso, a comunidade está prejudicada nos serviços de saúde que possui um contingente habitacional para receber os serviços do SAMÚ e segundo o Ministério da Saúde fica impedido de receber os benefícios devido o acesso que ainda falta concluir os 12 kms de estarda de barro e, no verão a estrada sem receber manutenção é muito buraco causado em outro período e com isso, a marginalidade está se aproveitando e agindo com assaltos a comerciantes e quando os veículos de grande porte vem a ser danificado devido a má conservação e que ainda a estarda é de barro, os ataques da marginalidade são constantes e que durante oito anos a gestão do governador Ricardo Coutinho redemocratizou à Paraíba com programa de estradas e o governo socialista continua e apelamos para conclusão da rodovia abrindo acesso e levando benefícios sociais para a população”, cobrou Rosa do Vaqueiro ao gerente de manutenção do DER Armando Athaíde.

Para o gerente de manutenção do DER Armando Athaíde afirmou que o debate foi muito produtivo e a população está cobrando o asfaltamento de 12 km atualmente em terra que vai ligar Odilândia à BR 101, o gerente de manutenção achou interessante como os habitantes daquela localidade caracterizam a estarda (Rodovia) um conceito popular diferente que os técnicos possuem via de regra de extensão econômica e no debate a rodovia foi tratada em sua dimensão social na saúde, educação e segurança pública como a estrada é um importante vetor para a população produtiva.

“O que foi discutido com vereadores (a), produtores rurais, polo industrial da águas minerais, comerciantes, estudantes, transportes alternativo, associação rural e associação de moradores e o representante da prefeitura de Santa Rita e até reivindicações da área rural de Forte Velho e, como representante do DER na sessão especial a tratativa será encaminhada ao Superintendente do Departamento de Estradas e Rodagens Carlos Pereira e que já existe um projeto de elaboração do governo anterior e que o atual governo dará continuidade além do orçamento participativo que a referida rodovia foi construída no governo socialista”, frisou Armando Athaíde.

 

A vereadora autora da propositura Rosa do Vaqueiro que é gestora e produtora rural e que sempre residiu na localidade disse que mesmo antes de estar vereadora já reivindicava junto a população rural e hoje de posse de mandato estamos debatendo com a autoridade a conclusão dessa referida rodovia que vai mudar a qualidade de vida dos moradores, que a maioria trabalha e reside na comunidade e a presença do representante do DER comprometendo em levar nosso pleito ao governador ficamos esperançosos do compromisso e a concretização do sonho em ver a conclusão dessa rodovia para Santa Rita que ele o governador quando estava secretário foi o responsável pelo planejamento de todas as obras de Santa Rita e toda Paraíba, finalizou a parlamentar.

Na sessão especial ainda, foi sugerido e acatado por todos os presentes a formação de uma comissão entre vereadores, representantes da prefeitura, produtores rurais e comerciantes para visitar o órgão e acompanhar a progressão do projeto.

Lamartine do Vale