Colunista nacional repercute convite da Playboy à primeira-dama - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Colunista nacional repercute convite da Playboy à primeira-dama

colunistaO colunista Cláudio Humberto destacou em sua coluna, no Diário do Poder, oconvite feito à primeira-dama da Paraíba para posar nua pela Playboy. Nesta quarta-feira (15), o fotógrafo da revista masculina Toddy Holland revelou a intenção da revista em ter a primeira-dama do estado, Pâmela Bório, em uma de suas edições. A entrevista foi publicada no Jornal Correio da Paraíba.

Confira a matéria:

PRIMEIRA-DAMA DA PARAÍBA QUASE POSOU NUA, REVELA FOTÓGRAFO

PRIMEIRA-DAMA DA PARAÍBA NÃO VAI POSAR NUA: SÓ SE EXIBE PARA O MARIDÃO

 

pamela borio

A primeira-dama da Paraíba, a jornalista Pâmela Bório, quase levou o governador Ricardo Coutinho (PSB) à loucura. Teria decidido, por alguns instantes, tornar pública toda a exuberância nas páginas da revista masculina Playboy. A negociação teria ocorrido em setembro de 2012, conforme contou o fotógrafo da revista Toddy Holland em matéria publicada na edição desta quarta-feira (15) no Caderno 2 do Correio da Paraíba. Mas, para a decepção dos paraibanos, a musa desistiu da proposta e vai continuar posando só para o governador.

Voltando um pouco no tempo, esta não é a primeira vez que a musa da Paraíba provoca calafrios. Recentemente, Pâmela exibiu na rede social Instagram sua nova coleção de lingeries. Bem à vontade, a mulher do governador expôs a vida íntima escrevendo: “Presente para mim, mas quem curte é o maridão.” Após o episódio, o Tribunal de Contas da Paraíba concluiu -depois de uma devassa nas contas da residência oficial, na Granja Santana, – que os agradinhos à primeira-dama eram pagos, na maioria, com dinheiro do contribuinte.

pamela

Ela expôs nas redes sociais as lingeries que usa

Mas a fama da ex-miss Bahia vai além da beleza. Pâmela é vista pelos mais próximos como uma pessoa de temperamento forte. Assim, faria de gato e sapato o governador do Estado, considerado um homem simples, filho de agricultor com uma costureira. Após desistir tirar a roupa, há torcida para que a mulher de gastos altos não depene também o Estado.

Click-PB