Com a cara de Roger Machado, Grêmio vence Atlético-PR e sobe na tabela

gremio vence 1Em um movimentado jogo, o Grêmio venceu o Atlético-PR por 2 a 1 em sua Arena, em Porto Alegre. Giuliano e Rhodolfo marcaram pelo Tricolor, que chegou aos 11 pontos e fecha rodada na sétima posição. Hernani fez o gol de honra do Furacão, que segue com 15 pontos, na vice-liderança do Campeonato Brasileiro após sete rodadas.

Na próxima rodada, o Tricolor joga novamente diante de sua torcida. No sábado, às 21h, Grêmio e Palmeiras se enfrentam em Porto Alegre. O Atlético-PR tem um clássico pela frente. No próximo domingo, ás 16h, o rival Coritiba será o adversário do Furacão, na Arena da Baixada.

INTENSIDADE E TRICOLOR NA FRENTE DO PLACAR

O Grêmio teve a bola nos minutos iniciais, mas quem primeiro chegou ao ataque com perigo foi o Atlético-PR. Pela esquerda, Nikão teve e espaço e cruzou para Douglas Coutinho, que quase abriu o placar aos cinco minutos. Eduardo, pela direita, deu trabalho para Marcelo Oliveira e Maicon.

Com boas roubadas de bola, os chutes de fora da área foram uma arma do Furacão. O Grêmio, por sua vez, subiu com Galhardo e, a partir dos 20, foi todo pressão. Rhodolfo, curtindo uma de atacante, driblou dois marcadores e bateu de canhota. A bola passou rente à trave direita de Weverton, que no lance seguinte impediu Douglas de abrir o placar.

Luan, Giuliano e Pedro Rocha também tentaram. Finalmente, aos 31, o gol saiu. Douglas chegou à linha de fundo e deu um passe para Giuliano. O meia finalizou de primeira e abriu o placar. Antes do intervalo, as duas equipes ainda tiveram chances, mas o placar seguiu inalterado.

CRIA DO FURACÃO, RHODOLFO DÁ VITÓRIA AO GRÊMIO

O Grêmio voltou sem Giuliano, que sentiu um desconforto na coxa esquerda. Mas Yuri Mamute veio com tudo em seu lugar. Três minutos em campo e o atacante já havia deixado Luan e Pedro Rocha em condições de marcar, mas as finalizações foram ruins. Mas o Furacão foi fatal em sua primeira oportunidade. Ela veio na falta sofrida por Nikão, na entrada da área. Hernani cobrou com muita categoria e empatou o jogo.


Vitória em casa faz o Grêmio dar um salto na tabela (Foto: Guilherme Testa/ LANCE!Press)

O gol não mudou a postura do Grêmio, que seguiu jogando no campo adversário. Mas os paranaenses passaram a ter bons contra-ataques. O goleiro Tiago fez milagre em chute de Felipe, aos 17. Uma partida tão aberta não poderia acabar sem mais gols. E ele saiu aos 26 minutos.

Galhardo cobrou falta da intermediária, a zaga do Furacão desviou, mas para o lado errado. Rhodolfo, revelado pelo Atlético-PR, aproveitou a falha e desempatou a partida na Arena de cabeça: Grêmio 2 a 1. Depois, ambas equipes demonstraram cansaço e o jogo perdeu em emoção e o Grêmio controlou o jogo até o apito final.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 2 X 1 ATLÉTICO-PR

Local/Data: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS) – 14/06/2015, 16h
Árbitro: Marcos André Gomes da Penha (ES)
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Vanderson Antônio Zanotti (ES)
Renda/Público:  R$ 543.642,00 / 17.781 pagantes (19.625 presentes)

Cartões amarelos: Luan (GRE), Ytalo, Kadu, Nikão e Otávio (CAP)
Cartões vermelhos:  Não houve.

GOLS: Giuliano, 1-0 (32’/1ºT), Hernani, 1-1 (6’/2ºT) e Rhodolfo, 2-1 (25’/2ºT)

GRÊMIO: Tiago; Galhardo (Lucas Ramon, 36’/2ºT), Geromel, Rhodolfo e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon, Giuliano (Yuri Mamute, Intervalo), Douglas (Braian Rodríguez, 19’/2ºT) e Luan; Pedro Rocha. Técnico: Roger Machado.

ATLÉTICO-PR: Weverton; Eduardo, Gustavo, Kadu e Guilherme Arana; Otávio, Hernani (Cléo, 32’/2ºT), Nikão (Giovani, 36’/2ºT) e Ytalo; Douglas Coutinho (Felipe, 10’/2ºT) e Walter. Técnico: Milton Mendes.

Lancenet