Com direito a dose tripla entre Brasil e Argentina, são definidos confrontos das oitavas da Libertadores

Com direito a dose tripla entre Brasil e Argentina, são definidos confrontos das oitavas da Libertadores

Na noite desta segunda-feira (13), os 16 times que se classificaram na fase de grupos da Copa Libertadores conheceram seus rivais nas oitavas de final do torneio. O sorteio, que aconteceu na sede da Conmebol, no Paraguai, também determinou a chave até a final, em Santiago, no dia 23 de novembro.

O grande destaque do cruzamento ficou para os enfrentamentos entre equipes brasileiras e argentinas. Dos oito duelos, três serão entre representantes do Brasil e Argentina, respectivamente. Entre estes confrontos, o Palmeiras, que pela segunda vez consecutiva garantiu a melhor campanha da fase de grupos, foi agraciado com o caminho mais fácil.

O Alviverde terá pela frente a equipe do Godoy Cruz. Athletico Paranaense e Cruzeiro não tiveram a mesma sorte. O Furacão vai reencontrar o Boca Juniors, após dois duelos intensos na fase de grupos. E a Raposa terá a difícil missão de enfrentar o River Plate, atual campeão do torneio, numa reedição da decisão da Libertadores de 1976.

Outro time que vai reencontrar um adversário da fase anterior é o Grêmio. O Tricolor Gaúcho vai voltar a enfrentar o Libertad, do Paraguai. Pelo Grupo H, uma vitória para cada lado. Maior rival dos gremistas, o Internacional irá até o Uruguai para buscar a classificação contra o tradicional Nacional de Montevidéu.

E fechando o sorteio dos brasileiros, o Flamengo estará frente a frente com o Emelec, do Equador. Confira os confrontos: River Plate-ARG x Cruzeiro Godoy Cruz-ARG x Palmeiras Emelec-EQU x Flamengo LDU-EQU x Olimpia-PAR Athletico Paranaense x Boca Juniors-ARG Nacional-URU x Internacional Grêmio x Libertad-PAR San Lorenzo-ARG x Cerro Porteño-PAR

O Gol