Com direito a gol de bicicleta de Arrascaeta, Fla vence e assume liderança do Brasileiro

Com direito a gol de bicicleta de Arrascaeta, Fla vence e assume liderança do Brasileiro

Na noite deste domingo, o Flamengo foi até a Arena Castelão para enfrentar o Ceará e mostrou a força de seu plantel. Com alguns jogadores poupados por Jorge Jesus, que resguardou algumas peças para a decisão que tem pela Libertadores na próxima quarta, diante do Internacional, no Beira-Rio, o Rubro-Negro soube aproveitar o melhor momento que teve na partida e marcou com Gabigol, Marí e um golaço de bicicleta do Arrastarcarear: 3 a 0.

Com a vitória e o tropeço do Santos diante do Fortaleza, na Vila Belmiro, a equipe da Gávea chega a 35 pontos, os mesmos do Peixe, mas alcança a liderança pelos critérios de desempate. Já o Vozão segue com 20, agora no 13º posto do certame. Fla abre vantagem em primeiro tempo eletrizante O Flamengo, com algumas alterações feitas pelo Jorge Jesus, foi o primeiro a atacar. Logo no primeiro minutos, Samuel Xavier bobeou na saída de bola, Gabigol recuperou, foi ao fundo e cruzou.

No entanto, nenhum pé rubro-negro apareceu para completar. A resposta cearense veio pouco depois. Thiago Galhardo tabelou com Felippe Cardoso, que tentou o chute, mas mandou por cima. O Vozão aumentou seu volume ofensivo, e passou a oferecer o contragolpe ao Rubro-Negro. Aos 14, Gabigol fez linda jogada pela esquerda, deixou Ricardinho e Fabinho para trás e cruzou. Berrío, livre na área, pegou torto e desperdiçou grande chance.

O ritmo foi intenso nos primeiros minutos. Até que aos 21, Renê cobrou lateral para Rodrigo Caio, que desviou de cabeça para área. Berrío se antecipou à marcação e ajeitou para Pablo Marí. O espanhol pegou de primeira e marcou um belo gol, abrindo o placar para o Fla no Castelão. O empate do Ceará não saiu por muito pouco. Samuel Xavier cruzou da direita, e ninguém conseguiu o desvio.

A bola passou por Diego Alves, mas o jovem João Lucas tirou em cima da linha. Na trocação franca, melhor para a equipe carioca. Aos 34, Gabriel Barbosa serviu Berrío, que invadiu a área e cruzou para trás. Gabigol dominou e bateu forte, sem chances para Diogo Silva: 2 a 0 para o Fla. Os donos da casa chegaram a diminuir com Thiago Galhardo, mas o meia estava em posição de impedimento no momento da cabeçada.

Gols anulados e golaço uruguaio e liderança rubro-negra Na volta do intervalo, o Vozão entrou disposto a correr atrás do prejuízo rápido. Logo aos sete minutos, João Lucas cobrou escanteio, e Samuel Xavier ganhou de cabeça. Tiago Alves, em posição irregular, completou para o gol. Tento corretamente anulado pela arbitragem.

O mesmo aconteceu do lado rubro-negro. Pouco depois, Diego Alves cobrou tiro de meta, que encontrou Renê. O lateral lançou para Gabigol, que avançou e tocou por cima de Diogo Silva. Seria um lindo gol, mas o camisa 9 flamenguista estava impedido. Mais uma decisão correta do assistente. Aos 13 minutos, um susto na Arena Castelão.

Após lançamento na área carioca, Leandro Carvalho se chocou com Renê e levou a pior. O atacante alvinegro teve um corte no rosto e acabou deixando o estádio de ambulância. Da metade para o fim da etapa complementar, o Ceará foi só ataque. O time comandado por Enderson Moreira acumulou inúmeras chances para marcar, mas não era mesmo o dia dos cearenses.

Ricardinho quase fez olímpico e Felippe Cardoso parou em Diego Alves. Os visitantes responderam nos contragolpes com Arão e Gabigol, mas não foram felizes na finalização. Porém, no último minuto da partida, Rafinha, que entrou na segundo tempo, acertou cruzamento milimétrico para Arrascaeta, que acertou uma linda bicicleta, de manuel, para dar números finais à partida.

O Gol