Com dois de Gabigol, Flamengo bate Fortaleza e dorme na vice-liderança

Com dois de Gabigol, Flamengo bate Fortaleza e dorme na vice-liderança

No primeiro jogo sem Abel Braga, e mesmo sem os olhares do novo técnico (Jorge Jesus, que acompanhava a final da Liga dos Campeões), o Flamengo contou com dois gols de Gabriel Barbosa para vencer o Fortaleza, no Nilton Santos, por 2 a 0.  O resultado deste sábado faz o Rubro-Negro alcançar os 13 pontos e dormir na vice-liderança do Campeonato Brasileiro.

Já o Tricolor, com sete, está em 14º.  Fortaleza se desfaz da bola Apesar de uma tentativa de André Luís logo no início da partida, o Fortaleza fazia pouco com a bola nos pés. Com problemas na saída de bola, muitas vezes entregava o jogo para o rival.  A responsabilidade, então, era toda do Flamengo. E o Rubro-Negro foi crescendo aos poucos na partida.

Cuéllar era uma espécie de pulmão do time, e Diego e Éverton Ribeiro, o cérebro. Depois de receber ajeitada de Éverton, Willian Arão chegou perto de marcar.  De Arrascaeta também queria ser decisivo. O uruguaio era o executor de muitos lances no ataque. Entre um drible e outro, quase marcou gol de voleio que foi evitado pela defesa.

Chance ainda maior teve Éverton Ribeiro. Depois de cobrança de falta de Diego no travessão, a bola sobrou para Éverton, que não conseguiu cabeçada. Na sobra, Rodrigo Caio parou em Boeck.  O gol veio já perto dos 40 minutos. A trinca entre Diego, Éverton Ribeiro e De Arrascaeta acabou dando um presente para Gabriel Barbosa mandar para a rede.

Gabigol resolve O Leão, que não assustou na primeira parte, conseguiu aparecer mais na frente na segunda metade. E Marcinho quase empatou de cabeça, mas Diego Alves fez grande defesa.  O ataque flamenguista, por sua vez, passou a errar muito mais. Éverton Ribeiro parou de se entender com Diego e De Arrascaeta, e Gabigol demorou a aparecer.  Quando apareceu, o atacante voltou a ser decisivo.

De Arrascaeta mandou bola com açúcar para Gabigol, que tirou de Boeck para marcar. A torcida rubro-negra só comemorou em paz após a confirmação do VAR: gol legal!  Os cariocas não tiveram nada a acrescentar após o segundo gol, e nem os cearenses. O jogo só esperou o protocolar apito final para confirmar os três pontos para o Fla.

O Gol