Com polêmica e três de Bruno Henrique, Flamengo atropela Corinthians

A marcação de um pênalti polêmico ajudou Bruno Henrique a atropelar o Corinthians. Com três gols do atacante, e um golaço de Vitinho, o Flamengo goleou por 4 a 1, no Maracanã, para não deixar o Palmeiras encostar. O Rubro-Negro segue líder do Campeonato Brasileiro, com 71 pontos, oito de vantagem para os palmeirenses, na vice-liderança.

O Timão continua em sétimo e vai despencando…  O pênalti e a porteira  O jogo começou da forma que se esperava que fosse, pela fase dos dois times e pelo fator Maracanã: o Flamengo assumia as rédeas da partida, enquanto o Corinthians se defendia. Mas o lado que assustou primeiro foi o corintiano…  O time de Jorge Jesus teve muita dificuldade em furar o bloqueio defensivo alvinegro.

Do outro lado, a bola pelo alto quase resolveu quando Gustagol recebeu cruzamento na área. O toque de cabeça foi no cantinho, mas Diego Alves espalmou. A jogada ainda seguiu e Ramiro tentou chute de fora, ameaçando mais uma vez (dessa, sem direção).  O Rubro-Negro, em resposta, foi cercando, rondando a área. Ia de escanteio a escanteio, mas sem conseguir finalizar.

Passou meia hora e nada: Cássio só batia tiro de meta. A torcida flamenguista seguia cantando, mas o jogo não empolgava.  O calor que fazia no Rio de Janeiro não ajudava em nada, e o primeiro tempo parecia mesmo ter a cara de 0 a 0. Até que, já perto do intervalo, polêmica: De Arrascaeta recebeu lançamento na área e acabou caindo após dividida com Cássio.

O árbitro marcou pênalti! Na cobrança, Bruno Henrique parou em Cássio, mas o atacante pegou a sobra do goleiro e mandou para a rede. Abriu a porteira.  O gol animou o Fla e desconcentrou o Timão. Ainda antes do intervalo, Gerson fez bela jogada individual e deixou Bruno Henrique na cara do gol. Com categoria, o atacante tirou de Cássio para colocar mais uma na rede: 2 a 0, e a tarde sorriu para o líder.

Mais Bruno Henrique e um golaço Bruno Henrique seguiu atropelando o Corinthians na volta do intervalo. Logo no primeiro lance ofensivo, o atacante recebeu lançamento na frente e, mais uma vez cara a cara com Cássio, bateu no cantinho para tirar do goleiro e abrir 3 a 0.  O Alvinegro tentou voltar ao jogo ainda aos sete minutos.

Mateus Vital recebeu cruzamento na área e, de cabeça, tocou entre as pernas de Diego Alves para descontar. Ainda haveria esperança para Carille e companhia? Fato foi que o Timão teve mais posse de bola no segundo tempo. Mas os ataques flamenguistas seguiam fatais… Vitinho recebeu de Arão, avançou e, com a perna canhota, acertou um chutaço para fazer um belo gol e voltar a diferença entre os times para três gols.

O time rubro-negro marcou em momentos decisivos da partida, que chegou a ter seus momentos difíceis, mas terminou com facilidade para os cariocas. A torcida chegou a gritar “olé” antes de decretar: segue o líder! Do outro lado, segue a pressão…

O Gol