Com time titular, São Paulo fica no empate com Novorizontino

Diego Souza fez sua estreia pelo São Paulo neste sábado, dia 20 (Foto: Mauro Horita/Estadão Conteúdo)

O São Paulo segue sem vencer na temporada. Na noite deste sábado, dia 20, a equipe de Dorival Júnior ficou no empate em gols contra o Novorizontino pela 2ª rodada do Campeonato Paulista na estreia de Diego Souza. Na sequência, o Tricolor tem duas partidas fora de casa: Mirassol e Corinthians.

Antes de a bola rolar, a torcida do São Paulo protestou do lado de fora. As organizadas levaram faixas cobrando reforços da diretoria. “Seis anos seguidos de humilhação” e “queremos jogadores” foram algumas das mensagens.

Dentro de campo, a equipe ainda deu sinais de que a pré-temporada está longe de acabar. Foram muitos erros de passes principalmente na hora de dar o último, para tentar fazer o gol. Fisicamente o grupo ainda está distante das melhores condições. No primeiro tempo, conseguiu se impor, sem sofrer, mas também sem ameaçar muito.

A melhor chance veio aos 14 minutos, quando Petros acertou um bom chute na trave. Pouco depois, Marcos Guilherme recebeu de Shaylon e finalizou no canto, mas o lateral Tony salvou e evitou o gol. Teve ainda um bom cabeceio de Brenner, após cobrança de escanteio, que passou com perigo. A melhor chance do Novorizontino foi em cobrança de falta de Jean Carlos, que Sidão salvou.

Na etapa final, o São Paulo voltou disposto a abrir o marcador e quase conseguiu isso com Bruno Alves, que acertou cabeceio e Oliveira espalmou. Quando a torcida já mostrava um pouco de impaciência, Dorival chamou Diego Souza e o meia-atacante entrou em campo, fazendo sua estreia com a camisa do São Paulo. Pouco depois foi a vez de Cueva entrar.

A partir daí, a partida melhorou sensivelmente, com o São Paulo buscando jogadas de aproximação e o Novorizontino apostando na velocidade dos contra-ataques. E foi em uma dessas jogadas que o time do interior quase marcou seu gol, mas Rodrigo Caio teve uma recuperação excepcional e salvou a bola quase em cima da linha.

O duelo ficou acelerado no final e Shaylon teve boa chance, mas não pegou de jeito na bola. Na sequência, Caíque foi derrubado dentro da área e o árbitro Luiz Flávio de Oliveira nada marcou. A pressão era grande, mas os erros também. Rodrigo Caio chegou a marcar de cabeça, mas estava impedido. E apesar da insistência, o time não conseguiu balançar as redes do Novorizontino.

Ver imagem no Twitter