Com votos de paraibanos, Senado devolve mandato a Aécio Neves

Com os votos dos senadores paraibanos Cássio Cunha Lima (PSDB), Raimundo Lira (PMDB) e José Maranhão (PMDB), o plenário do Senado Federal derrubou, na noite desta terça-feira (17), a decisão da 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal, que afastou o tucano Aécio Neves das atividades parlamentares, além de medidas cautelares, como recolhimento noturno e entrega do passaporte.

O senador Raimundo Lira, que é o líder do PMDB na Casa, afirmou durante o encaminhamento do voto que a decisão de ser contrário a decisão do STF, se dá em conta a autonomia dos poderes.

“Em defesa da Constituição de 1988, que eu tive prazer de participar da sua elaboração. Em defesa da autonomia do Senado Federal, respeitando a independência dos poderes da República, eu encaminho voto não”, declarou.

Já Cássio Cunha Lima (PSDB), fez um pronunciamento destacando a autonomia dos poderes e respeito ao Supremo.

“O Senado nesse instante reafirma o seu respeito ao Supremo Tribunal Federal, respeitamos o papel do STF, como guardião da nossa Constituição”, disse.

Wallison Bezerra – MaisPB