Comerciante é assaltado, mata ladrão e vai para a cadeia - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Comerciante é assaltado, mata ladrão e vai para a cadeia

comerciante raivaUm comerciante de 25 anos foi preso dentro de uma delegacia suspeito de matar a pedradas um assaltante, logo depois de ter o estabelecimento roubado, na noite desta sexta-feira (13), no bairro Itaquari, em Cariacica.

Segundo informações da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), por volta das 22h40 três homens entraram na lanchonete e renderam o proprietário do estabelecimento e funcionários.

“Depois do assalto, algumas funcionárias correram pela rua chorando desesperadas, dizendo que haviam roubado tudo da lanchonete”, contou uma moradora que não quis ser identificada.

Os bandidos fugiram em um carro Spacefox após roubarem celulares e dinheiro do caixa. Revoltado com a situação, o comerciante teria assumido a direção do carro dele, um Sonic, e seguido os suspeitos pela estrada que beira a linha de ferro que corta o bairro Itaquari.

Foto: Marcelo Prest – GZ
Estrada que beira a linha de ferro que corta o bairro Itaquari, em Cariacica
Em determinando ponto, o comerciante teria conseguido fechar os três assaltantes, que, então, saíram do veículo e fugiram a pé. Um dos indivíduos acabou entrando em luta corporal com o comerciante. O suspeito do roubo acabou sendo morto com várias pedradas na cabeça. Os outros dois ladrões conseguiram escapar.

O comerciante contou que abandonou o veículo Sonic no local, após perder as chaves do próprio carro. Ele foi para casa, onde se deu conta que havia deixado o Sonic no local do crime.

Por isso, o suspeito procurou a Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV), em Vitória, para registrar um boletim de ocorrência informando de que o Sonic teria sido roubado, na tentativa de livrar-se da presença no local do crime.

Mas não teve jeito. Investigadores da DHPP estiveram na cena do assassinato e fizeram levantamentos e já tinham avisado os policiais da DFRV sobre os veículos encontrados na cena do crime.

Assim que o comerciante chegou à delegacia, ele foi detido em flagrante.

O rapaz morto ainda não foi identificado e o corpo aguarda liberação no Departamento Médico Legal (DML).

Fúria

De acordo com o delegado de plantão Felipe Pimentel, em depoimento o comerciante alegou que agiu com raiva. “Ele afirmou que agiu em um momento de raiva, pois já havia sido assaltado várias vezes”, descreveu o delegado.

LER TAMBÉM

Polícia frustra transação de drogas que seria feita em agência bancária de Linhares
Após estreia da Copa, sete são mortos em 8 horas na Grande Vitória
O comerciante foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio qualificado, uma vez que a vítima não pode se defender. No início da manhã, ele aguardava transferência para o Centro de Triagem de Viana.

Por meio de nota à imprensa, a Polícia Civil informou que o delegado Felipe Pimentel disse que o caso ainda está sob investigação, e que há informações contraditórias. Por isso, a divulgação do nome do suspeito poderá por em risco o trabalho de investigação.

Na próxima segunda-feira, o flagrante e demais registros sobre a situação envolvendo o comerciante serão encaminhados para a Delegacia de Crimes contra a Vida (DCCV) de Cariacica, onde serão levados os demais casos.

PUBLICIDADE