Comissão de Saúde da Câmara Federal faz vistoria em unidades de saúde da Capital e realiza audiência pública

Comissão de Saúde da Câmara Federal faz vistoria em unidades de saúde da Capital e realiza audiência pública

comissão da saúdeA Comissão de Saúde da Câmara Federal desembarca em João Pessoa nesta segunda-feira (19) para verificar as denúncias apresentadas pelo deputado federal paraibano Wilson Filho (PTB), sobre a suposta precariedade no sistema de saúde pública da Capital. Desde às 6h30, os parlamentares iniciaram visitas às unidades de saúde e, às 14h, será realizada a audiência pública no auditório do Ministério Público Estadual.

A fiscalização da Comissão da Saúde da Câmara Federal nas Unidades de Saúde da Família (USF),  já fez a primeira parada. As USFs Altiplano 1 e 2, que atualmente funcionam nas dependências da Escola Municipal Anita Trigueiro, estão em situação precária em infraestrutura e não possuia médicos em atendimento.

A equipe da fiscalização, liderada pelo deputado federal Wilson Filho (PTB), conta com a presença dos vereadores Raoni Mendes (PTB), Renato Martins (PSB), deputado Ricardo Barbosa (PSB) e a presidente do Conselho Municipal de Saúde, Sônia Lacerda.

Logo na porta da USF, o morador Nilton Paredes, 63, fez a sua queixa. “Não tem médico aqui e toda vez eu tenho que voltar. Para tomar uma vacina antitetânica, tenho que ir pra o posto lá da praia”, relatou.

No local, a apoiadora Nilda Gomes informou que as unidades possuem dois médicos: um estava de férias e o outro em atendimento domiciliar.

A audiência pública terá início às 14h, no auditório da sede do Ministério Público Estadual, no Centro da cidade. No local, os parlamentares federais irão ouvir relatos da população e de entidades sobre a situação da Saúde pública em João Pessoa. O resultado das oitivas e das visitas irá compor um relatório, que será encaminhado para a administração municipal e para o Ministério Público Estadual e Federal afim de que providências sejam adotadas.

A vinda da Comissão de Saúde a João Pessoa foi motivada por denúncia formulada pelo deputado federal Wilson Filho (PTB), que levou à Câmara Federal relatório mostrando que faltam médicos em 42,86% das Unidades de Saúde da Família (USF) da cidade, além de problemas no atendimento e na estrutura no Hospital Ortotrauma de Mangabeira (Trauminha), onde se constatou um esgoto escorrendo dentro de uma das salas de cirurgia.

A atividade também vem sendo articulada pela Frente pelo Desenvolvimento de João Pessoa e devem participar das discussões, além de deputados e vereadores, entidades como o Conselho Regional de Medicina (CRM), Conselho Municipal de Saúde (CMS), Ministério Público Estadual (MPPB), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PB), sindicatos, faculdades e a população pessoense.

VISITAS 6h30 – Praça dos Três Poderes (Centro) 10h – Ortotrauma (Mangabeira)

AUDIÊNCIA 14h – Auditório do Ministério Público Estadual (Centro)

Redação