João Pessoa 23/03/2019

Início » Policial » Condições de segurança no entorno do presídio do Róger preocupa MPPB

Condições de segurança no entorno do presídio do Róger preocupa MPPB

O Ministério Público da Paraíba, por meio da 17° Promotoria de Justiça de João Pessoa, realizou uma inspeção, nesta quarta-feira (20/02), nas instalações da Penitenciária Desembargador Flósculo da Nóbrega (mais conhecido como Presídio do Róger), em João Pessoa.

Conforme o promotor de Justiça Ricardo José de Medeiros e Silva, o objetivo foi acompanhar as medidas tomadas pela nova direção da unidade prisional quanto à administração e segurança daquela.

O promotor informou que foram verificadas melhorias no que tange a higiene e condições sanitárias da unidade, bem como implementação de novas diretrizes para o trabalho interno dos presos. Além disso, o novo diretor do presídio do Roger, Edmilson Alves, disse que serão retomadas as obras de construção do pavilhão PB5 que estava sendo construído, visando a melhor acomodação dos presos e ampliação do número de vagas.

Também foi verificado na inspeção que foi instalado o equipamento de scanner corporal para revista dos visitantes dos detentos e instalação de parlatórios, pela a Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Paraíba.

Contudo, o 17° Promotor de Justiça de João Pessoa registrou preocupação quanto às instalações destinadas ao atendimento médico aos presos, com a superlotação do pavilhão PB4 e com as condições de segurança no entorno da unidade prisional. Ele informou que vai oficiar ao Poder Executivo Estadual acerca da necessidade da tomada de providências acerca das irregularidades identificadas.

Além disso, segundo o promotor de Justiça, será marcada uma reunião com a direção da unidade prisional e com os representantes do 1° Batalhão da Polícia Militar de João Pessoa, para tratar das questões inerentes à segurança do entorno da unidade prisional.

ParlamentoPB