Confira perguntas e respostas para driblar as ciladas na hora da entrevista de emprego - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Confira perguntas e respostas para driblar as ciladas na hora da entrevista de emprego

prepare-se o empregoPor que você deixou o último emprego? Quais são seus pontos fracos? Parece até mentira, mas essas perguntas feitas durante uma entrevista para conquistar uma vaga são as que trazem a maior dificuldade nas respostas. Especialistas garantem que muitos candidatos não respondem corretamente a esses e outros questionamentos.

Na opinião da diretora da Associação Brasileira de Recursos Humanos, seccional Espírito Santo (ABRH-ES), Neidy Christo, isso ocorre porque os profissionais estão mais preocupados em dar respostas bonitas e politicamente corretas.

“Ao ser questionado o porquê de ter saído do emprego, muitos dão como respostas que não tiveram oportunidades e que o chefe era ruim. Em nenhum momento, essa pessoa disse que ela também tem problema, achando melhor colocar a culpa nos outros”, comentou.

Para Neidy, essa situação ocorre devido ao despreparado para o mercado de trabalho e pela falta de autoconhecimento.

Já a psicóloga e diretora da Psico Store, Martha Zouain, ressalta que além de responder às perguntas, é necessário preocupar-se com o que está evidenciando em suas respostas, como demonstrar entusiasmo para trabalhar e superar dificuldades.

“Ao justificar sua saída do último emprego, o melhor é dizer a verdade. quanto maior a explicação, maior a possibilidade de se complicar. Aproveite, nesse caso, e dê referência de seu desempenho na empresa”, orientou.

Segundo a consultora de RH da Psicoespaço, Juliana Cardoso, os principais erros dos candidatos no momento da entrevista são relacionados a experiências anteriores, ambições profissionais e conhecimentos sobre a empresa em que deseja atuar.

“O ideal é não falar mal de trabalhos e empregadores anteriores. É bom também mostrar-se interessado em crescer profissionalmente sem parecer arrogante e, antes mesmo de enviar o currículo, pesquisar sobre a empresa contratante”, explica Juliana Cardoso.

Sem ensaios

A psicóloga da Yellow RH, Carolina Gama, observa que o mais adequado não é ensaiar a resposta, mas desenvolver seu autoconhecimento, para que se sinta seguro das suas respostas.

“Para uma entrevista, é mais importante sabermos as reflexões que vieram da experiência, do que se ela foi bem sucedida. Ao contarmos um fato, uma situação vivida, o mais importante não será o sucesso ou insucesso das escolhas e decisões tomadas, mas a forma como você lidou com aquela situação”, disse.

Confira perguntas e respostas para driblar as ciladas na hora da entrevista

Por qual motivo saiu do último emprego?

Respostas erradas:

“Era longe da minha casa”;
“Tinha muita pressão”;
“O chefe tinha medo de perder o lugar para mim”.

Respostas corretas:

“A distância era incompatível com os horários da faculdade/curso ou o trânsito não colaborava para que os horários de chegada fossem cumpridos.”
Conduta correta:

Não falar sobre pressão ou, se falar, dizer que as metas propostas eram inalcançáveis.

O que o fez buscar uma nova oportunidade? (especialmente para quem ainda está trabalhando)

Respostas erradas:

“A chance de crescer logo por ser uma grande empresa, pois atualmente não tenho essa possibilidade”;
“O salário e os benefícios, apenas; não gosto mais da empresa que estou atualmente”.

Respostas corretas:

“Trata-se de uma grande empresa, e acredito que futuramente poderei crescer de acordo com meu desempenho. Afinal, o crescimento nunca será de um dia para o outro, é algo construído”.

“Pesquisei sobre a empresa e sei de sua estrutura e consequente melhoria salarial e de benefícios”. Dessa forma, fica claro que não é apenas por salário e benefícios, mas também pela empresa em questão.

“Busco novos desafios profissionais e com isso a possibilidade de novos aprendizados”.

Fale um pouco sobre você. Quais são os seus pontos fortes?

Conduta errada:

O candidato não se conhecer e/ou se posicionar de forma mentirosa na entrevista.

Conduta correta:

É óbvio que durante a entrevista queremos nos vender da melhor maneira possível. No entanto, a mentira ou a omissão de características que lhe são intrínsecas é algo muito negativo, pois em algum momento essa peculiaridade comparece, seja na sua fala ou comportamento. Então, conhecer-se bem e ser verdadeiro na hora da entrevista são sempre as melhores formas de se vender.

Qual a sua pretensão salarial?

Conduta errada
Não analisar o mercado e responder aquém ou além do que o mercado está pagando.

Respostas corretas:

(Se você está empregado, fica mais fácil): “Recebo hoje o seguinte valor e tais benefícios e gostaria de manter meu padrão ou melhorar”.

(Se você está disponível, seja político): “Gostaria de ganhar de acordo com o mercado”. Mencione sua última remuneração, tomando o cuidado de não assustar o entrevistador com benefícios extras ou premiações. Ressalte sua flexibilidade.

O que você conhece de nossa empresa?

Resposta errada:

“Não conheço muito a empresa, mas estou aqui para ouvir e conhecer melhor”.

Conduta correta:

O candidato deve pesquisar a história da empresa antes de ir para uma entrevista e ir preparado para os seguintes aspectos: Que tipo de produto vende? Onde estão localizadas as instalações? Quantos funcionários tem? Como foi o desenvolvimento? Quem são os concorrentes? Quais as estratégias? Quais notícias saem na mídia?

Fonte: Juliana Cardoso, da Psicoespaço, e Martha Zouain, da Psico Store.

PUBLICIDADE