Corinthians é franquia que mais cresce entre lojas esportivas; veja negócio

franquia-espaco-glorioso-loja-oficial-do-botafogo-1382712722934_80x80Um levantamento sobre franquias do segmento esportivo, elaborado pelo Grupo Bittencourt, aponta que a Todo Poderoso Timão, marca especializada em itens para torcedores do Corinthians, foi a franquia de vestuário com foco no segmento esportivo que mais cresceu no último ano.

A rede possui atualmente 115 unidades franqueadas e sete próprias. Em 2012, eram 75 franquias e duas lojas próprias. De acordo com André Giglio, da consultoria especializada em franquias Francap, que administra a marca, trata-se da maior franquia de um time de futebol do mundo em número de lojas.

Segundo o estudo, foi o sucesso dessa marca que fez com que times como São Paulo, Vasco e Cruzeiro enxergassem no franchising mais uma fonte de receita para o clube.

O estudo mostra, ainda, que a Copa do Mundo que será realizada no Brasil no ano que vem, e as Olimpíadas que ocorrerão no Rio de Janeiro, em 2016,  fazem do Brasil uma vitrine mundial para o esporte.

Impulsionadas por esses fatores, marcas do universo esportivo como a alemã Adidasapostam no modelo de franquias para expandir seus negócios no país.

Franquias esportivas vão de academias a suplementos

Claudia Bittencourt, diretora do Grupo Bittencourt, especializado em franquias e redes de negócios, diz que é possível empreender em diferentes áreas –de academias a calçados e vestuário.

De acordo com o Guia de Franquias da ABF (Associação Brasileira de Franchising), há cerca de 30 empresas que atuam no segmento esportivo. Deste total, 57% trabalham majoritariamente com artigos de vestuário e calçados, e 30% atuam com academias.

As demais (13%) oferecem desde suplementos alimentares até equipamentos esportivos.

Segundo a Acad (Associação Brasileira de Academias), o país passou de aproximadamente 4.000 academias no ano 2000 para mais de 22 mil em 2012 –um crescimento de mais de 450%.

O setor atende cerca de seis milhões de pessoas e tem um faturamento de mais de R$ 4 bilhões. O Brasil é o primeiro mercado na América Latina e o segundo do mundo em número de academias, atrás apenas dos EUA.

Segundo o estudo do Grupo Bittencourt, nos calçados esportivos, as franquias que atuam exclusivamente com tênis e demais calçados destinados à pratica de esportes têm faturamento médio de R$ 160 mil e investimento inicial de cerca de R$ 200 mil.

Entre as marcas estão Authentic Feet e Deny Tennis.

No grupo de academias, a diretora da consultoria destaca a especialização como tendência do mercado. Já existem estabelecimentos dedicados a mulheres, a pessoas com mais de 40 anos e à prática de pilates.

“A maior expectativa de vida da população aliada ao discurso médico de que exercício físico é sinônimo de saúde e prazer aumenta o potencial de negócios na área a curto e médio prazos”, afirma Bittencourt.

Amplia

Conheça 50 casos de empreendedores de sucesso50 fotos

6 / 50

Depois de fazer fama no octógono, os irmãos Rogério Nogueira, o Minotouro (à esq.), e Rodrigo Nogueira, o Minotauro (à dir.), resolveram se arriscar no mundo dos negócios, lançando a franquia de academias Team Nogueira Leia mais Divulgação

CUIDADOS AO ESCOLHER UMA FRANQUIA

Tempo de mercado Verifique há quanto tempo a rede atua no mercado. Se a franquia for nova, veja o número de unidades próprias. É por meio delas que a franqueadora adquire experiência e conhecimento da área que irá transmitir aos franqueados
Pesquisa com franqueados As redes são obrigadas a apresentar a COF (Circular de Oferta de Franquia) para os interessados. O documento deve indicar endereço, nome e telefone de franqueados e ex-franqueados. É importante ligar para o maior número possível para saber sobre investimento, faturamento, tempo de retorno e lucro
Faturamento Desconfie de número fantásticos. O ideal é avaliar mais de uma franquia do setor que deseja ingressar para ver se os números são similares. Segundo a ABF, o lucro varia de 10% a 15% sobre o faturamento
Prazo de retorno A ABF trabalha com o prazo de retorno de 18 a 24 meses para microfranquias, que exigem um investimento mais baixo, e de 36 meses para franquias, que necessitam de investimento maior
Assinatura de contrato O negócio só pode ser fechado após o prazo de 10 dias da entrega da COF. O objetivo é evitar a assinatura por impulso. A COF informa o número de franqueados ativos e inativos (nos últimos 12 meses), com telefone, ações judiciais contra a empresa e estimativa de investimento, faturamento etc.

Uol