Corinthians sai na frente, mas Gabigol corre atrás do empate para o Fla em Itaquera

Corinthians sai na frente, mas Gabigol corre atrás do empate para o Fla em Itaquera

Corinthians e Flamengo fizeram um jogo de poucas chances em Itaquera, que terminou com um gol para cada lado e um empate que não pode ser contestado por ninguém.  O Rubro-Negro segue na terceira colocação do Campeonato Brasileiro, sem se aproximar do líder Palmeiras. Já o Timão não conseguiu encostar no G4.  Corinthians é melhor à sua maneira

O Flamengo tentava mostrar não sentir a eliminação do meio de semana. Diego tentava mostrar não sentir. Depois do pênalti perdido muito contestado, o meia levantou a cabeça e deu o primeiro chute do jogo: uma bomba defendida por Cássio.  O Rubro-Negro assumiu o controle do jogo, enquanto o Corinthians fazia partida traiçoeira.

Mesmo sem muito ter a bola, levou perigo com um chute de fora de Pedrinho defendido por Diego Alves.  O duelo era de posse de bola rubro-negra e eficiência alvinegra. Em jogada ensaiada, Sornoza cobrou escanteio e Pedrinho, de cabeça, mandou bola difícil para nova defesa de Diego Alves.  A primeira parte foi quase perfeita para Fabio Carille, que viu seu time ser impecável na defesa e eficiente no ataque, acertando o alvo quando tentou.

Ainda assim, as duas equipes fizeram muito pouco para balançar as redes.  VAR, polêmicas e gols A cara do jogo foi a mesma na volta do intervalo. Dessa vez, porém, a eficiência corintiana colheu frutos. Em contragolpe que contou com a velocidade de Fagner, Vagner Love recebeu na área e acabou derrubado por Berrío: pênalti. Clayson, na cobrança, abriu o placar.

Jorge Jesus respondeu ao gol com a entrada de Bruno Henrique. Só que o time não assimilou a mudança, e nem as outras mexidas do português, fazendo um segundo tempo sonolento.  Só que os cariocas foram traiçoeiros e contaram com uma bola parada para empatar. Willian Arão ganhou no alto da defesa inimiga e mandou de cabeça para o gol. Cássio espalmou e, na sobra,

Gabigol mandou para dentro. Vuaden, em um primeiro momento, anulou o gol, mas o VAR confirmou a posição legal do atacante.  Nos minutos finais, quem pressionou foi o Corinthians, que viu o Fla perder Berrío expulso. Mas a pressão não surtiu efeito, e o clássico terminou empatado em Itaquera.

O Gol