Corinthians volta a vencer Lara e vai para oitavas da Sul-Americana

Corinthians volta a vencer Lara e vai para oitavas da Sul-Americana

O Corinthians voltou a vencer o Deportivo Lara, dessa vez na Venezuela, pelo mesmo placar da ida (2 a 0), e garantiu vaga nas oitavas de final da Copa Sul-Americana.  O adversário do Timão será o vencedor da eliminatória entre o Montevideo Wanderers e o Cerro, ambas equipes uruguaias.  Pressão venezuelana dura pouco.

Os primeiros minutos de jogo foram um grande perigo para o Corinthians, que deixou o rival crescer. Centeno teve chance de ouro para marcar aos oito minutos, ao receber de Vargas na pequena área, mas acabou chutando torto, para fora.  A falta de pontaria custou caro aos venezuelanos, que não conseguiram manter a intensidade por muito tempo.

O Timão foi, aos poucos, saindo do sufoco.  Até que uma bola parada acabou sendo fatal. Jadson fez o cruzamento e Júnior Urso, de coxa, desviou para colocar os paulistanos em vantagem.  Cássio ainda seria chamado a intervir, mas o Alvinegro levava o jogo com maior tranquilidade. A vantagem era boa. A estratégia era manter a posse para passar o tempo. Vaga sem sustos.

O Deportivo Lara voltou para o segundo tempo ainda mais desorganizado. Vágner Love quase aproveitou para marcar o segundo em forte cabeçada, mas Salazar evitou com grande defesa.  Mas o tento foi mesmo questão de tempo. Fagner voltou a aparecer na direita em liberdade e rolou para trás. Sornoza, de primeira, mandou sem chances para Salazar.

Os venezuelanos fizeram por onde conseguir um gol, mas Cássio esteve intransponível. Sem muitos sustos, o Corinthians seguiu adiante na Sul-Americana.  A única notícia ruim do dia acabou ficando por conta de Fagner, que deixou o campo assustado e assusta não só os corintianos, como também o técnico Tite, que o convocou para a Copa América.

O Gol