Corpo de comerciante assassinado em Cajazeiras passa sete horas no local do crime - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Corpo de comerciante assassinado em Cajazeiras passa sete horas no local do crime

corpo-de-comerciante-assassinado-em-cajazeiras-passa-sete-horas-no-local-do-crime.JPG.280x200_q85_cropLamentavelmente, continua o descaso na região de Cajazeiras, onde famílias sofrem ao ver corpos de ente queridos jogados durante horas a espera da chegada do GEMOL para ser removido ao Instituto de Medicina de Patos.

O fato recente que causou revolta aos familiares e a população ocorreu na manhã dessa quarta-feira (16), quando o corpo do comerciante Francisco Augusto de Oliveira, 55 anos, mais conhecido como “Chico do Posto”, assassinado ao reagir a um assalto permaneceu no loca do crime das 06h15 até 11h30 quase 06 horas até a chegada de peritos do Instituto de Polícia Científica do GEMOL de Patos.

Os habitantes de Cajazeiras e municípios próximos têm sido penalizados com a falta de compromisso do Governo do Estado, que não atende as reivindicações da população para a construção de um IML para atender toda a região.

Em entrevista a uma emissora de rádio de João Pessoa, o deputado José Aldemir, da base de sustentação do Governo Ricardo Coutinho, também criticou o descaso e classficiou o episódio como desumano.

José Almedir aproveitou a oportunidade para relatar casos idênticos que ocorreram em sua região de atuação política.

 

Clickpb