Cotado para assumir PSDB na PB, Romero defende que novo presidente não deve disputar eleições

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), cotado para assumir a presidência da sigla tucana na Paraíba, defende que o cargo de presidente do partido deve ser ocupado por alguém que não vai disputar um cargo eletivo nas eleições de 2018. Diante disso, seu nome já estaria fora da disputa, já que é público o desejo do tucano em viabilizar seu nome como opção do partido para 2018.

“Já falei, inclusive internamente [sobre estar à disposição]. Claro que defendi, como defendo a tese, daquele que for escolhido, e definir a alternativa, que não dispute as eleições. E não apenas do próximo ano. Acho que uma pessoa técnica talvez possa dar uma contribuição maior fazendo um trabalho de organização e mobilização maior de reuniões do partido na Paraíba inteira. É uma forma, talvez, mais estratégica de tentar estabelecer debates na Paraíba”, afirmou Romero.

Porém, Romero reconheceu que o debate deve ser de forma democrática e decidido internamente no PSDB paraibano. “Mas estamos à disposição da opinião da maioria”, reiterou.

Blog do Gordinho