Cotado para o Senado, líder partidário considera impossível PSDB marchar juntos com PMDB nas eleições - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Cotado para o Senado, líder partidário considera impossível PSDB marchar juntos com PMDB nas eleições

Pré-candidato ao Senado nas eleições deste ano, o vice-governador da Paraíba Rômulo Gouveia (PSD) descartou a possibilidade do PSDB Romulo gouveia falafirmar aliança com o PMDB. Em entrevista a uma emissora de rádio de Campina Grande, Rômulo enfatizou que os tucanos são adversários históricos dos peemedebistas, não tendo assim, clima para dividirem o mesmo palanque.

Rômulo disse que, levando em consideração as questões políticas, ficaria muito difícil ir para a campanha aliado com um adversário histórico.

– Não temos como firmar aliança, e no meu caso específico, é impossível marcharmos juntos. Não é nada pessoal é uma questão política e ideológica – avisou Rômulo.

Rômulo Gouveia encabeçou a chapa do PSDB nas duas eleições municipais em que o partido foi derrotado por Veneziano Vital do Rêgo (PMDB), pré-candidato ao governo do Estado este ano.

Rômulo Gouveia  revelou ainda que esteve recentemente conversando com o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) para traçar estratégias para eleições deste ano.

Sem revelar os assuntos tratados na reunião, Rômulo que defende a manutenção da aliança entre PSDB e o PSB do governador Ricardo Coutinho,  ressaltou que a decisão do senador não será tomada sozinha, mas que ele deverá ouvir o partido e os aliados.

Enfático em suas colocações, Rômulo destacou que não vislumbra outro cenário que não seja a continuação da aliança com o PSB. “Eu só trabalho com um cenário, que é manutenção da aliança – disse.

PBAgora