CPI dos Fundos de Pensão analisa relatório final nesta segunda

CPI dos Fundos de Pensão analisa relatório final nesta segunda

efraim-filho2-foto-divulgacaoA CPI, presidida pelo deputado paraibano Efraim Filho, investiga fraudes nos Fundos de Pensão 

Será votado na tarde desta segunda-feira (11) o relatório da CPI dos Fundos de Pensão na Câmara Federal, em Brasília. De acordo com o deputado federal paraibano e presidente da Comissão, Efraim Filho (DEM), o relatório “virá com dois pilares: um pilar propositivo e outro investigativo”.

O primeiro deles, de acordo com Efraim, trará propostas visando a modernização e aperfeiçoamento da gestão com o objetivo de “tornar a fiscalização mais rigorosa e dar mais transparência”. Já a segunda parte trata dos indiciamentos e Efraim destaca que “até agora são mais de dez responsáveis por fraudes junto aos fundos de pensão”.

Os 27 deputados titulares da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga fraudes nos Fundos de Pensão se reunirão às 15h para votar o relatório final elaborado pelo deputado Sérgio Souza (PMDB-PR). Efraim aponta que o relatório pode receber pedido de vistas e, caso seja aceito, a votação deverá ser retomada na próxima quinta-feira (14). Após a aprovação, o relatório e as provas coletadas devem ser enviados ao Ministério Público Federal e à Polícia Federal.

O prejuízo estimado é de mais de R$ 3 bilhões a quatro das maiores entidades de previdência complementar do País, o Banco do Brasil, a Caixa Econômica, a Petrobrás e os Correios. O parecer deve reforçar a dimensão da fraude investigada e a má gestão dos ex-dirigentes do fundo, que está entre os 15 maiores em volumes de recursos no país.

ClickPB