João Pessoa 22/04/2019

Início » Notícias » CR7 admite crimes fiscais e é condenado a 23 meses de prisão e multa

CR7 admite crimes fiscais e é condenado a 23 meses de prisão e multa

Ronaldo que compareceu ao tribunal acompanhado da esposa Georgina Rodríguez.

Cristiano Ronaldo chegou a um acordo com o Ministério Publico espanhol na manhã desta terça-feira(22). O português foi condenado a 23 meses de prisão – que não terá de cumprir já que a Justiça espanhola não aplica penas inferiores a 24 meses quando os acusados não têm antecedentes judiciais – e pagar uma multa de 18,8 milhões de euros (mais de 80 milhões de reais), por sonegar cerca de 5,7 milhões de euros do fisco da Espanha.

Ronaldo que compareceu ao tribunal acompanhado da esposa Georgina Rodríguez. Ele reconheceu que cometeu os quatro crimes de fraude fiscal aos quais era acusado, entre 2010 e 2014 quando atuava pelo Real Madrid. O julgamento durou cerca de 50 minutos.

De acordo com o jornal portugues Diário de Notícias, Ronaldo foi até o tribunal em Madrid apenas para cumprir uma formalidade, pois já tinha estabelecido acordo com a Autoridade Tributária espanhola.

Esporte ao Minuto