Crimes contra bancos não recuaram em 2014, revela Sindicato dos Bancários - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Crimes contra bancos não recuaram em 2014, revela Sindicato dos Bancários

Bancários assalto a banco não recua 2104A Paraíba continua sendo o ‘paraíso’ de ladrões de bancos. O número de assaltos as agências creditícias neste ano continua  quase igual ao ano de 2013. Até o dia sete de maio do ano passado 49 bancos foram vitimas da violência. Em igual período deste ano, 47 bancos sofreram ação criminosa.

O presidente do sindicato dos Bancários responsabiliza a falta de uma política de segurança pública do Governo do Estado e os próprios bancos por não investirem em ação preventiva.

“Estamos hoje a mercê dos bandidos”, desabafou Marcos Henrique ao lamentar a falta de policiais na Paraíba que, segundo ele, tem um déficit de sete mil homens. Hoje, acrescenta Henrique,  o bancário e a população paraibana vive dias de terror. “Não há como sair de casa após as 20h”.

O sindicalista  diz, por sua vez, que os bancos não tem interesse em investir em medidas preventivas. “Apesar dos assaltos e roubos o lucro ainda é muito grande” informa.

De acordo com Marcos Henrique, os banqueiros investem menos de 8% do lucro em segurança, pois preferem ver o empregado a mercê da própria sorte.

A falta de cumprimento de leis no Estado é outro fator negativo apontado por Marcos Henrique. “Desde agosto do ano passado a Assembleia Legislativa aprovou uma lei determinando que seja feito o monitoramento fora das agências, mas ninguém cumpre e nem é punida” lamenta.

O presidente do sindicato dos Bancários acusa diretamente o Pr