João Pessoa 25/04/2019

Início » Notícias » Datafolha: 84% defendem redução da maioridade penal para 16 anos

Datafolha: 84% defendem redução da maioridade penal para 16 anos

Percentual é o mesmo de novembro de 2017

Apoio dos brasileiros à redução da maioridade penal de 18 para 16 anos manteve-se estávelAgência Brasil

Novo levantamento realizado pelo Datafolha indica que o percentual de brasileiros favorável à redução da maioridade penal de 18 anos para 16 anos é de 84%. Só 14% são contrários à alteração na lei brasileira. O percentual se manteve estável em relação à última pesquisa, de novembro de 2017.

Já a porcentagem daqueles que defendem a redução da maioridade penal para todos os tipos de crime subiu de 64% para 67%, uma variação dentro da margem de erro.

A pesquisa foi realizada nos dias 18 e 19 de dezembro. Foram 2.077 entrevistas em 130 municípios de todo o país. O nível de confiança é de 95% e a margem de erro, de 2 pontos percentuais.

O momento de maior apoio à redução da maioridade penal segundo o Datafolha foi em 2015, quando chegou a 87%. Eis 1 gráfico:

O percentual de brasileiros que acha que a maioridade penal deveria ser reduzida para 16 anos em todos os crimes também atingiu seu pico em 2015, quando 74% dos entrevistados pelo Datafolha disseram pensar dessa maneira. Após cair em 2017, o valor voltou a crescer em 2018:

Além de defender que a redução da maioridade penal para 16 anos, pelo menos 37% dos entrevistados acha que a idade mínima para que uma pessoa possa ser presa no Brasil deveria ser ainda menor. O percentual daqueles que acham que deveria ser de 13 a 15 anos é de 28% e 9% defendem que seja de 12 anos.

Os que defendem a idade de 18 a 21 anos, enquadrada na regra atual, somam 15%.

No recorte por sexo, a manutenção da maioridade penal em 18 anos encontra maior apoio entre as mulheres (17%) do que entre homens (11%).

Poder360