João Pessoa 19/05/2019

Início » Eleições 2012 » De volta a “Malhação”, Priscila Fantin diz ter se afastado das novelas por opção própria

De volta a “Malhação”, Priscila Fantin diz ter se afastado das novelas por opção própria

Priscila fantiniPriscila Fantin, 30, voltará para onde tudo começou. Quinze anos após sua estreia na TV, em “Malhação”, ela vai retornar à novela teen da Globo numa participação prevista para durar 20 capítulos.

É também sua reestreia nos folhetins. Há quatro anos —desde “Tempos Modernos”— a atriz não participa de nenhum.

Não que convites tenham faltado. Disse não para algumas produções, como “Caras & Bocas”, atualmente em reprise no “Vale a Pena Ver de Novo”, e deixou o elenco de “Morde & Assopra” (2011), antes de descobrir estar grávida, entre outras produções.

“Voltar a fazer novela e em ‘Malhação’ é supersimbólico. Não podia ter um retorno melhor. Estava morrendo de saudades. Estou revendo pessoas com quem comecei a trabalhar”, disse em entrevista ao “F5”.

“Comecei a trabalhar com 16 anos, tive uma parte da minha vida pessoal relegada por causa do trabalho. Amo o que eu faço, não estou desdenhando. Nosso trabalho de ator é sim mais sofrido. A gente se dedica muito”, continuou.

Nesse período sabático das novelas, não parou de trabalhar. Participou de séries —”As Brasileiras” e “As Aventuras de Didi”, ambas em 2012—, esteve envolvida com teatro e com cinema e num quadro do “Domingão do Faustão, o “Cachorrada Vip”.

“Assim que eu pude, dado momento da vida quis ter filho, ter uma casa, sonhava com uma família. Isso começou a pesar muito. Preferi me dedicar à minha vida pessoal para continuar forte e estar inteira”, revelou Fantin, mãe de Romeo, de 2 anos e 5 meses, fruto de seu relacionamento com Renan Abreu.

“Novela toma um tempo muito maior do que uma peça ou um longa-metragem. Sei que ao entrar numa, terei um tempo mais escasso para a minha família.”

A atriz garante que o tempo longe dos folhetins foi uma opção própria.

“Aproveito a oportunidade para falar que não tive nenhum problema com o Walcyr [Carrasco, autor de sua última novela “Sete Pecados” (2007)]. Tenho muito orgulho de ter participado de várias novelas dele.”

Autor e atriz se conheceram em 2002, quando ele assumiu “Esperança”, devido a um problema de saúde de Benedito Ruy Barbosa. Repetiram a parceria em “Chocolate com Pimenta” (2003), “Alma Gêmea” (2005) e “Sete Pecados”.

“A Serena de ‘Alma Gêmea’ foi uma das personagens mais marcantes que eu fiz. Só tenho que agradecê-lo”, afirmou Priscila Fantin.

“Depois de ‘Tempos Modernos’, eu não sabia qual era o motivo, só que eu estava precisando parar um pouco. Alguma coisa na minha alma estava mais latente. Precisava me movimentar. É como se as coisas estivessem automatizadas”, disse ela, afirmando não saber estar grávida quando decidiu não aceitar o convite de Carrasco para “Morde & Assopra” (2011).

Priscila Fantin