Debandada de vereadores poderá deixar Durval Ferreira isolado no PP em 2016

durval13O vereador Edson Cruz (PP) revelou, nesta quarta-feira (26), que irá sair do PP por entender que o partido não atendeu aos parlamentares na divisão de cargos no início da gestão de Luciano Cartaxo (PT) a frente da Prefeitura Municipal de João Pessoa.

Segundo o vereador, no início da gestão Cartaxo contemplou o PP na PMJP, mas a cúpula do partido ficou com todos os cargos.

Outro argumento usado por Cruz para justificar a saída é a sobrevivência política nas eleições municipais de 2016

Além dele, Edson Cruz disse que os vereadores Chico do Sindicato e Helton Renê (licenciado) também sairão do partido. Segundo Edson, Chico e Helton já têm aval do presidente municipal do partido, Durval Ferreira, para deixarem a sigla.

“Durval vai liberar Chico e Helton sem problema, mas o suplente do partido, Toinho Pé de Aço, vai acionar a Justiça para tentar ficar com o mandato. Isso eu não tenho dúvidas”, afirmou.

A debandada dos vereadores, como prevê Edson Cruz poderá deixar Durval, que também é presidente da Câmara, sozinho no PP, partido que elegeu o maior número de vereadores nas eleições municipais de 2012 em João Pessoa.

MaisPB