João Pessoa 17/12/2018

Início » Destaque » Depois da derrota de Jane, Panta vai à caça dos vereadores de Santa Rita: “A gente não tá aqui pra brincadeira”

Depois da derrota de Jane, Panta vai à caça dos vereadores de Santa Rita: “A gente não tá aqui pra brincadeira”

Após o vexatório resultado de Dra. Jane nas eleições 2018, quando não conseguiu se eleger deputada estadual, o prefeito de Santa Rita, Emerson Panta repassou a culpa da derrota para os vereadores da cidade e agora cuida em organizar um grupo político visando derrubar o atuais parlamentares no próximo pleito, em 2020.

Em reunião realizada na noite desta terça-feira (30) no antigo prédio Asa Branca, na Praça Getúlio Vargas, no Centro, o prefeito deu o tom. O local serviu de comitê eleitoral das campanhas de Panta e Jane em 2016 e 2018.

Na reunião, convocada por Emerson, estavam presentes suplentes de vereador, ex-candidatos com votações expressivas, mas que não lograram êxito no último pleito municipal, e lideranças políticas e comunitárias.
A ideia do prefeito é apoiar o máximo de candidatos que possa organizar dentro do grupo que busca formar para garantir maioria na Casa Prefeito Antônio Teixeira na próxima legislatura, de 2021 a 2024.
Na pauta, a união do grupo e a promessa do prefeito de formar uma chapa proporcional forte para renovar a Câmara Municipal nas eleições de 2020.
Panta repassa aos atuais vereadores a culpa pela votação pífia de sua esposa, Jane, cujos números chegaram a vergonhosos 10.994 votos, em Santa Rita, dos 21.099 que alcançou no Estado.
Dr. Emerson foi eleito com mais de 51 mil votos em 2016.
Na Rainha dos Canaviais, terceiro maior colégio eleitoral da Paraíba, segundo o TSE, existem quase 93 mil eleitores. Panta dava como certa a eleição da primeira-dama.
No áudio, o prefeito deixa claro que não tem predileção por nomes ali presentes, mas que faz questão de eleger o maior número dentre eles, deixando claro que sua questão é derrubar os vereadores que possuem mandato atualmente.
“Não vim aqui para eleger nem ‘A’ nem ‘B’, a gente tá aqui formando um grupo pra ir pra luta pra eleger a maior quantidade de vereadores possíveis dentro desse grupo. É isso que a gente quer”, disse o prefeito.
Agora, em seu momento mais frágil e de pior avaliação, com uma gestão sem resultados, letárgica e sem qualquer expressividade, Panta faz uma verdadeira caça à bruxas no parlamento mirim municipal e quer as cabeças dos vereadores que dizem tê-lo apoiado. Para o prefeito, faltou vontade da parte de alguns e, em outros casos, ele considera que houve traições.
Na reunião desta noite, o discurso do prefeito forte e veemente foi claro: “não estou para brincadeira. Quero formar um grupo forte para eleger o máximo de vereadores possível para renovarmos a Câmara e botar lá pessoas realmente capacitadas para representar o nosso projeto”, disse Panta, segundo uma fonte que estava presente à reunião e falou com exclusividade ao blog.

Na reunião, não esteve presente nem foi convidado nenhum dos atuais 15 parlamentares de sua base de sustentação na Câmara Municipal, o que confirma a informação de que o prefeito e os vereadores estão em rota de colisão.

“A gente não tá aqui pra brincadeira”, destacou Emerson Panta.