Deputado aproveita período junino, reúne aliados e discute aliança para 2018, Alagoa Grande.

Nas últimas semanas temos visto em alguns blogs e portais afirmações sobre uma possível aliança entre o prefeito de Alagoa Grande Antônio Sobrinho (PSD) e o deputado estadual João Bosco Carneiro Júnior (PPS). Ambos tem feito muitas solicitações em prol do município e tem sido vistos juntos e com bom diálogo em muitas ocasiões. De fato o que se pode dizer é que existe uma disposição por parte do deputado em ajudar seu reduto eleitoral e do prefeito em receber tais recursos. Tal realidade ajudaria o município de Alagoa Grande, mas, uma união em prol do município não quer dizer que seja uma união político-partidária.

Alguns vereadores de ambos os lados já defendem abertamente a aliança política, o que ainda não foi confirmado, apesar dos boatos.

Os eleitores dos grupos políticos, por suas vez, pregam que seja resgatada a identidade de cada liderança. Ou seja, são duramente contra a aliança.

Para jogar água fria nos boatos, o deputado estadual Bruno Cunha Lima (PSDB) visitou a cidade ontem (23/06) e foi recebido pelo seu apoiador Sobrinho e parte de seus assessores, como registrado na foto abaixo. Até onde se sabe receberá o apoio de Sobrinho.

É uma situação complicada de se entender porque ainda existe uma aproximação entre Beto do Sindicato (PT) e o deputado Júnior. Há também uma mágoa de Beto com parte do grupo de Bôda.

Resultado de imagem para reuniao camara alagoa grande

Por outro lado, o prefeito Sobrinho está com quase toda a equipe de governo do ex-prefeito Bôda (PR). Para onde vai esse povo na hora da eleição? Quem fica e quem sai?

Bôda por sua vez já está sendo visto na cidade nos últimos dias, notoriamente, visando a eleição do ano que vem.

O que se sabe de concreto é que cada grupo terá os seus candidatos, bem como, outras lideranças locais também terão.

O que vem acontecendo sempre nas eleições é que, na hora das definições, cada um corre pra onde tiver mais vantagens. É onde nos perguntamos: Alagoa Grande ganha ou perde?

Fotos recebidas através de WhatsApp – crédito das fotos “em aberto”.