Deputado denuncia falta de luvas descartáveis e dipirona no Hospital de Trauma

ze aldemirNa tribuna da Assembléia Legislativa da Paraíba, o deputado estadual José Aldemir (PEN) denunciou a falta de materiais hospitalares básicos no Hospital de Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa.
Segundo Aldemir, no hospital que atualmente é administrado pela Cruz Vermelha, falta de luvas descartáveis à dipirona sódica. “No Hospital de Trauma de João Pessoa falta luva e dipirona”, denunciou. “Vejam que coisa extremamente preocupante, luvas e dipirona, um medicamento básico para um paciente que apresente uma hipertermia e precise do devido tratamento”, completou.
Preocupado com a situação do Hospital de Trauma, José Aldemir fez uma alerta à sociedade. “Se precisar de tratamento ou atendimento médico, não procurem o Hospital de Trauma em João Pessoa, pois lá serão tratados de forma desumana e “colocados num canto”, como se fosse um depósito”, desabafou.
Sociedade Assistencial Som e Vida
O deputado José Aldemir (PEN) apresentou nesta quarta-feira (9) na Assembléia Legislativa do Estado da Paraíba, projeto de Lei 1895/2014 que reconhece a utilidade pública da Sociedade Assistencial Som e Vida, localizada no município de Sousa, Sertão paraibano.
Em sua justificativa ao projeto, o parlamentar lembra que a criação da Sociedade Assistencial Som e Vida é resultado de um longo processo de envolvimento de seus fundadores, que teve início em 1999. “Atualmente, a Sociedade Assistencial Som e Vida promove a inclusão social de crianças e adolescente em situação de vulnerabilidade, trabalhando as questões de memória, promovendo ações lúdicas de educação e cultura, de modo a impactar em médio e longo prazo os indicadores de desenvolvimento humano do Sertão paraibano, além de garantir o respeito aos direitos do povo sertanejo”, declarou.
Assessoria