Deputado federal insinua que governador trabalha para um rompimento com o PSB

Foto: Paraibaonline

O deputado federal Gervásio Maia (PSB) esteve presente à sessão especial realizada nesta sexta-feira (25), proposta pela deputada estadual, Estela Bezerra (PSB) para comemorar os 29 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Em entrevista concedida à imprensa, Maia aproveitou para rebater o governador João Azevedo sobre o desencontro em Brasília ao mesmo tempo em que insinuou que o gestor trabalha para um possível rompimento, fato este que gostaria de saber do próprio governador.

Segundo o deputado, há uma movimentação muito estranha acontecendo ao longo dos últimos meses e que os aliados não podem desconhecer esse fato.

Ele disse que nem tem como explicar o que o desencontro com Azevedo, pois acha impossível que um aliado deixe de se encontrar com o governador do seu partido, o que não foi o caso dele.

“O Governador João tem adotado umas medidas que geram uma dúvida muito grande. Por exemplo, a equipe mais perto do governador tem telefonado permanentemente para as nossas lideranças nos municípios perguntando de que lado eles vão ficar. Afinal de contas, João que romper?”, indagou o deputado.

Gervásio Maia disse ainda que gostaria muito de ter encontrado com o governador para perguntar se ele está autorizando a sua equipe a fazer esse tipo de abordagem.

“Ele disse que falou com toda a bancada, mas ele tem meu telefone, mas não me procurou, não me mandou mensagem e sabe que estou sempre à disposição. Alias já faz um bom tempo que insisto por uma audiência pra discutirmos projetos e as emendas visando o orçamento de 2020, mas infelizmente esse espaço na agenda dele não ocorreu”,enfatizou.

Paraíba Online