Deputado investiga crime de responsabilidade e diz que RC faz ‘autodefesa’ sobre impeachment

Deputado investiga crime de responsabilidade e diz que RC faz ‘autodefesa’ sobre impeachment

raniery_paulino_aline_linsO deputado estadual Raniery Paulino (PMDB) formulou pedidos de informação ao Ministério da Previdência, Tribunal de Justiça e ao governo do estado acerca do alerta emitido pelo Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) sobre o suposto uso indevido de recursos da previdência para pagamento da folha de pessoal inativo. O parlamentar desconfia que o governador Ricardo Coutinho (PSB) tenha praticado crime de responsabilidade e insinuou que o socialista faz uma autodefesa ao se manifestar contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).

“Eu pedi as informações para que não ocorra crime de responsabilidade. O governo deve cumprir as decisões judiciais. Eu lembro dos casos da Defensoria Pública em que reiteradas vezes o governo descumpriu as decisões judiciais, isso talvez implicaria em crime de responsabilidade. Houve um alerta do TCE em relação ao fundo previdenciário da Paraíba”, explicou.

Ele negou interesse em sugerir o impeachment do governador Ricardo Coutinho com base na decisão tomada pela Câmara Federal.

“Eu não estou defendendo o impeachment do governador, mas isso tem um efeito pedagógico, que cumpram as decisões judiciais. O governo está descumprindo decisões judiciais e isso acarreta em crime de responsabilidade, pois gasta indevidamente recursos públicos”, disse.

Raniery Paulino  insinuou ainda que a defesa de Ricardo a Dilma esteja relacionada a atos similares que ele praticou na Paraíba.

“Estamos coletando as informações para formar um juízo de valor. O governo precisa rever algumas atitudes em relação a si próprio e em relação ao Parlamento. Nós temos que fazer um estudo se mesmo com a aprovação da Assembleia, ele poderia fazer isso ou não. Por isso, eu estou fazendo o pedido de informação para que o governo se explique. Talvez essa solidariedade à presidenta seja ela fazendo uma autodefesa sobre esses atos que foram cometidos. Temos que fazer uma análise muito fria e racional sobre o que está acontecendo, mas não estou pregando que, porventura, o governador seja pichado. O que eu quero é que ele cumpra as decisões judiciais”, concluiu.

Blog do Gordinho