Deputado se compara a madre Tereza de Calcutá e lança slogan inusitado: “Não vote nulo, vote em mim” - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Deputado se compara a madre Tereza de Calcutá e lança slogan inusitado: “Não vote nulo, vote em mim”

Madre Tereza de Caucutá e Toinho do SopãoSe intitulando como o deputado estadual mais presente nas ruas  da capital, Toinho do Sopão (PEN) revelou nesta quinta-feira, 13, em entrevista ao PB Agora que disputará a reeleição e fez uma proposta inusitada ao eleitorado paraibano: “Não anule o voto, vote em mim”,declarou.

O parlamentar, que foi despejo do maior voto de protesto da história da Paraíba, Toinho agora faz um novo apelo:

“Eu faço a pergunta ao cidadão; será que você quer jogar o seu voto no lixo. Por que não ajuda a Toinho do Sopão a continuar socorrendo as pessoas”.

Ele queixou-se que antes do mandato, diversas pessoas o elogiavam na televisão. Hoje tem sido alvo de críticas.

“Será que por que me tornei deputado eu deixei de ser um ser humano”? “Deixei ser uma caricativo?”, questionou com o ‘neologismo’.

O deputado ainda se intitulou um ‘soldado de Deus’ alegando que “Deus conhece o seu coração”.

Empolgado, ele ainda fez uma comparação com madre Tereza de Calcutá: “Isso é um trabalho social que eu gosto de fazer, como fez madre Tereza e tanto outros que assumiram o papel de ajudar o próximo. Sou um soldado de Deus”, afirmou Toinho.

Madre Teresa de Calcutá foi uma missionária albanesa, beatificada pela Igreja Católica em 2003. Considerada, por alguns, a missionária do século XX, fundou a congregação “Missionárias da Caridade”, tornando-se conhecida ainda em vida pelo cognome de “Santa das sarjetas”. Fazia périplos pelas regiões mais pobres do planeta para socorrer crianças abandonadas, portadores de AIDS, viciados, mulheres abusadas, leprosos e pacientes em estado terminal. Seu trabalho foi mundialmente reconhecido com o Prêmio Templeton, em 1973 e com o Nobel da Paz em 1979. Morreu em 1997 aos 87 anos, vítima de um ataque cardíaco.

Então viva a caridade e a solidariedade!

E você amigo internauta, o que acha da comparação?

Da Redação com PBAgora