João Pessoa 21/02/2019

Início » Paraíba » “Descuido injustificável”, desabafa Tôrres sobre nomeação equivocada da jornalista Nelma Figueiredo, no DOE

“Descuido injustificável”, desabafa Tôrres sobre nomeação equivocada da jornalista Nelma Figueiredo, no DOE

Descuido injustificável de responsabilidade da Secretaria de Comunicação. Foi assim que o secretário de Comunicação do Estado, Luís Tôrres tratou a publicação equivocada da nomeação da jornalista Nelma Figueiredo, falecia ano passado vítima de um câncer, na edição do Diário Oficial desta sexta-feira (04).

Em nota, Tôrres pediu desculpas públicas pelo erro e explicou que a correção já foi efetuada.

Nelma Figueiredo tinha mais de 30 anos no jornalismo paraibano, com passagens pelas TVs Correio, O Norte, Cabo Branco e Tambaú, além de 28 anos de assessoria no Detran-PB.

Ela tinha 53 anos e deixou dois filhos e uma neta.

Veja a nota

Quero pedir pessoal e publicamente desculpas por um equívoco injustificável na publicação do nome da querida companheira Nelma Figueireido na edição do Diário Oficial, edição deste dia 4. Um descuido na organização da lista, de inteira respondabilidade da Secretaria de Comunicação do Estado, encaminhada à publicação, gerou o equívoco. Que já foi rapdimente identificado e corrigido para posterior publicação no Diário. Aos amigos e amigas, e, especialmente, aos familiares, minhas mais sinceras desculpas. Nelma será sempre alguém especial para todos nós, digna de carinho e respeito. 

Luís Tôrres
Secretário de Comunicação do Estado da Paraíba