Desemprego recua para 12,5% em abril, mas atinge 13,2 milhões de brasileiros

Desemprego recua para 12,5% em abril, mas atinge 13,2 milhões de brasileiros

Números do desemprego foram divulgados nesta 6ª feiraSérgio Lima/Poder360 – 3.set.2018

A taxa de desemprego registrada no trimestre encerrado em abril é de 12,5% e atinge 13,2 milhões de pessoas. No mesmo período de 2018, taxa estava em 12,9%, uma queda de 0,4 ponto percentual.

Os dados são da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio) Contínua e foram divulgados nesta 6ª feira (31.mai.2019) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

No trimestre encerrado em março, a taxa de desemprego verificada pelo IBGE foi de 12,7%, atingindo 13,4 milhões de pessoas.

Eis outros dados divulgados pelo instituto:

  • subutilização – em sentido oposto ao recuo na taxa de desemprego, a população subutilizada atingiu 28,4 milhões (24,9%)– número recorde da série histórica iniciada em 2012 pelo IBGE;
  • desalentados – o grupo de trabalhadores que nem procurou vaga porque não achou que conseguiria foi de 4,9 milhões no trimestre de fevereiro a abril de 2019. Houve aumento de 4,2% (mais 199 mil pessoas) frente ao mesmo período de 2018;
  • população ocupada – há 92,4 milhões de pessoas ocupadas. O número ficou estável na comparação com o trimestre anterior (92,3 milhões de pessoas) e cresceu 2,1% (1,9 milhão de pessoas) na comparação como o mesmo período de 2018;
  • salários – o rendimento médio dos trabalhadores é de R$ 2.295. Em 2018, era de R$ 2.281;
  • força de trabalho potencial – o grupo de pessoas que não está empregado mas poderia trabalhar foi de 8,2 milhões. Essa população cresceu 5,7% (mais 439 mil pessoas) frente ao mesmo trimestre do ano anterior.
  • Poder360