Detentos queimam colchões durante rebelião em presídio de Patos

REBELIÃOApenados do Presídio Regional Romero Nóbrega em Patos, no Sertão da Paraíba, a 307 quilômetros de João Pessoa, iniciaram uma rebelião por volta das 19h, desta segunda-feira (25). Os presidiários atearam fogo nos colchões e várias celas ficaram tomadas pelas chamas e fumaça.

Equipes do Corpo de Bombeiros e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionadas até a localidade, mas não há confirmação de feridos.
O secretário de administração penitenciário do estado, Vallber Virgulino, revelou ao Portal Correio, que o ‘motim’ já foi controlado. Ele disse ainda que cinco presidiários que foram transferidos durante a semana passada, do Presídio Regional do Serrotão, em Campina Grande, para Patos, teriam motivado a rebelião. “A situação está sob controle. São apenados insatisfeitos com a última transferência”, disse o secretário.
A rebelião também pode ter sido motivada por insatisfação dos detentos junto a direção do presídio, que na tarde desta segunda-feira (25), teria realizado uma operação de segurança (pente fino), e apreendido vários objetos ilícitos.Atualmente, o Presídio Regional Romero Nóbrega aloja 160 presos.
Preocupados, familiares dos apenados aguardaram notícias dos presos do lado de fora da casa de detenção.