Diego Souza é expulso, mas Sport busca empate com o Vasco

Diego recebeu o cartão vermelho após reclamar muito com o árbitro Sandro Meira Ricci (Foto: Carlos Ezequiel Vannoni/Eleven/Estadão Conteúdo)

Em mais um jogo do Campeonato Brasileiro com polêmica de arbitragem, o Sport, com um jogador a menos desde o primeiro tempo – Diego Souza foi expulso por reclamação -, buscou o empate diante do Vasco, por 1 a 1, em partida realizada na noite desta segunda-feira, na Ilha do Retiro, no encerramento da 25.ª rodada.

O lance polêmico ocorreu aos 24 minutos do segundo tempo, quando Mena foi colocar a bola na área e acertou o zagueiro Anderson Martins. Sandro Meira Ricci assinalou pênalti, mas voltou atrás após consultar o auxiliar. Em protesto, Ronaldo Alves chutou a bola para fora, após a cobrança de escanteio.

O JOGO – O Sport comandou as ações no primeiro tempo, mas perdeu grandes oportunidades de abrir o placar, principalmente com André. Logo aos seis minutos, Rithely mandou a bola para dentro da área, o atacante apareceu entre dois zagueiros, mas jogou por cima do gol de Martín Silva.

Aos 14, Mena cobrou escanteio para Diego Souza. O meia desviou e a bola sobrou limpa para André, que isolou. O time do Sport se mostrou muito nervoso pela sequência de resultados negativos no Brasileirão, o que ficou explícito em Diego Souza, que acabou sendo expulso por reclamação, após falta cometida por Wellington.

Com um a mais, o Vasco cresceu e abriu o placar ainda no primeiro tempo. Anderson Martins lançou Pikachu em velocidade. O lateral invadiu a área e rolou para Nenê colocar no fundo das redes aos 38 minutos.

No segundo tempo, o Sport voltou a crescer, mas pecava nas finalizações. Quando André acertava o alvo, Martín Silva aparecia para salvar o Vasco, como aos 20 minutos, quando defendeu o arremate do atacante.

Já aos 24, ocorreu o lance mais polêmico do jogo. Mena invadiu a área e carimbou Anderson Martins. Sandro Meira Ricci, que estava perto do lance, deu pênalti, mas o auxiliar, bem longe da confusão, avisou que a bola bateu no peito do zagueiro, o que fez com que o árbitro voltasse atrás, irritando Ronaldo Alves. O defensor protestou chutando a bola para fora assim que a partida prosseguiu.

Na base da superação, o Sport ainda conseguiu chegar ao empate. Raul Prata recebeu pela direita e cruzou na cabeça de André, que testou para dar números finais ao duelo, aos 39 minutos: 1 a 1.

Na próxima rodada, o Vasco enfrenta a Chapecoense no sábado, às 16 horas, em São Januário, no Rio. No dia seguinte, às 16h, o Sport visita o São Paulo no Morumbi.

Band