Dieta detox vira nicho importante no mercado de gastronomia saudável

Dieta detox vira nicho importante no mercado de gastronomia saudável

A dieta detox serve para desintoxicar o organismo e introduzir uma alimentação mais saudável e equilibrada. Geralmente, a primeira fase dessa reeducação é mais restritiva e exclui glúten, lactose e proteína animal das refeições.

Especializada em Gastronomia Funcional, a chef Fabi Prado desenvolve cardápios personalizados de acordo com a dieta de cada cliente.

Para quem quer se profissionalizar e passar a vender lanches, sucos e refeições detox, a dica é eliminar os ingredientes industrializados e priorizar os ôrganicos, ou seja, que não possuem nenhum tipo de agrotóxico ou adubos químicos e sintéticos:

— A dieta detox serve para fazer uma faxina no corpo. A primeira fase é mais restritiva, porque é para dar um choque de mudança no organismo. Em geral, mesmo depois desse período inicial, a intenção da alimentação saudável é sempre priorizar os alimentos que vão fazer o organismo trabalhar melhor, ativar o intestino e acelerar o metabolismo — destaca Fabi Prado.

A chef ensina alguns dos seus segredos no curso “Receitas Detox”, na plataforma de ensino eduK. Durante as aulas práticas e didáticas, o aluno aprende técnicas básicas para saber o tamanho das porções, montagem dos pratos, além das funções e o congelamento dos ingredientes. Fabi também destaca as combinações que realmente funcionam e os produtos que devem ser retirados da alimentação durante esta dieta.

Quem quiser preparar sua própria dieta detox ou vender marmitas saudáveis pode fazer os cursos na plataforma de ensino online eduK. E através da parceria Meu Negócio Extra, do jornal com a ferramenta, paga mais barato: a taxa mensal cai de R$ 29,90 para R$ 19,90. Para garantir o desconto no acesso às aulas, clique aqui.