Dijon surpreende, vira para cima do PSG e deixa a lanterna da Ligue 1

Zebra na França! O Paris Saint Germain foi derrotado na abertura da décima segunda rodada da Ligue 1 pelo Dijon, até então lanterna da competição. O resultado inesperado teve gols de Chouiar e Cadiz para os donos da casa, enquanto Mbappé descontou para os parisienses.  A vitória levou o Dijon aos 12 pontos e ao décimo oitavo lugar, ainda na zona de rebaixamento.

O PSG segue líder com 27 pontos e oito a mais do que o Nantes. Na próxima rodada, as duas equipes jogam fora de casa. O Dijon vai até o Principado encarar o Monaco. O Paris visita o Brest. Gol no último lance O Paris Saint-Germain até tentou começar a partida com o controle da posse de bola, mas em uma roubada, Julio Tavares finalizou da entrada da área e Navas segurou.

O atacante do Dijon voltou a aparecer logo depois, cabeceando para fora o cruzamento de Chafik. A resposta do líder da Ligue 1 foi instantânea. Di Maria deu bom passe para Mbappé na esquerda. O camisa 7 avançou e tocou por cima do goleiro para abrir o placar. Os donos da casa não ficaram acuados e procuravam o empate com trocas de passes e movimentação.

A equipe passou a explorar jogadas pelas laterais e levantava bolas na área, mas Navas era soberano. O PSG tinha em Di Maria e Mbappé, bastante acionados, as suas melhores armas na primeira etapa. Porém, no último minuto dos 45 iniciais, N’Dong cobrou escanteio para a área, Marquinhos não afastou por completo e Chouiar finalizou para marcar e os times irem para o vestiário com tudo igual no placar.

Virada heroica Assim que o árbitro autorizou o início do segundo tempo, o Dijon mostrou que seria um adversário duro de ser batido. Aos três minutos, Cadiz roubou de Gueye, passou com facilidade por Marquinhos e bateu entre as pernas de Navas para virar o jogo. Di Maria tentou recolocar a igualdade no marcador ao ser lançado e finalizar, mas a bola explodiu na zaga e foi para escanteio.

O argentino era muito participativo e teve outra chance, mas dessa vez o chute parou nas mãos de Gomis. O mesmo destino teve a batida de Mbappé, que havia invadido a área e tentado de esquerda. Era pressão total do PSG, que acumulou boas chances perdidas. Icardi, já dentro da grande área e Di Maria na meia-lua mandaram para fora. Icardi ainda acertou o travessão, ao escorar de cabeça o cruzamento de Mbappé.

Paredes aproveitou rebote da zaga do Dijon e chutou forte, também parando na trave. Cavani puxou contra-ataque e rolou para Icardi, que mais uma vez mandou para fora. O uruguaio também tentou, de letra, mas a bola passou rente à trave. Cavani ainda acionou Icardi na área. O argentino arriscou de bicicleta e jogou para fora. Sem tempo para mais nada, o Dijon comemorou a vitória sobre os favoritos ao título.

O Gol