Dilma exonera equipe ministerial

demissão lulaApós a decisão de afastamento de Dilma Rousseff, a petista resolveu exonerar a sua equipe ministerial. A medida foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União, que circulou na madrugada da última quarta-feira (11), mas foi publicado nesta quinta-feira (12), logo após a votação do impeachment.

O ex-presidente Lula foi o primeiro nome citado no documento. Exceto o titular do Esporte, Ricardo Leyser – por conta dos Jogos Olímpicos Rio 2016 – e o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, cargo cuja indicação precisa passar por sabatina no Senado, permaneceram nos cargos.

Folha de Pernambuco