Dilma: reforma ministerial só ocorrerá depois de votação do impeachment

Dilma: reforma ministerial só ocorrerá depois de votação do impeachment

dilma pautar ministrosA presidente Dilma Rousseff disse, na manhã desta terça-feira (5), que a imprensa está “criando factóides” sobre redistribuição de cargos no governo após a saída do PMDB da base aliada. Segundo ela, que discursou durante visita à aeronave KC-390, na Base Aérea de Brasília, o clima de especulação prejudica o país.

“Não iremos mexer em nada até a conclusão de processos de votação (…) São notícias sem base na verdade, sem consultas. Isso não é bom para o jornalismo. Lamento muito pois isso vai de minha saúde até a mudança naestrutura do governo. Por favor, temos de nos pautar pelo realismo”, criticou a presidente.

A presidente voltou a criticar a “tentativa de transformar isso (as pedaladas fiscais) em impeachment”: “É golpe, porque não tem base legal”.

Dilma afirmou, também, que há evidente desrespeito ao Estado Democrático e que sem democracia não há estabilidade política nem crescimento econômico. A presidente criticou a oposição, que “criou todos os tipos de instabilidade” desde o dia em que ela assumiu seu segundo mandato, e disse que nenhum governo “conseguirá governar se não tiver um pacto pela governabilidade”.

Jornal do Brasil