João Pessoa 21/05/2019

Início » Notícias » Diplomata dos EUA tenta passar com mina dentro de bagagem em aeroporto russo

Diplomata dos EUA tenta passar com mina dentro de bagagem em aeroporto russo

Neste sábado (9), um funcionário da embaixada dos EUA tentou passar com uma mina dentro da bagagem no aeroporto Sheremetyevo de Moscou, comunicou o Ministério das Relações Exteriores da Rússia.

Durante a radioscopia da bagagem do diplomata dos EUA no aeroporto, foi encontrado um objeto similar a uma mina de morteiro.

“Especialistas convocados confirmaram se tratar de uma mina com detonador, mas sem substância explosiva, porém, seus vestígios estavam presentes dentro do corpo da mina”, apontou o ministério.

Enterprise Carrier Strike Group transita pelo Oceano Atlântico.

De acordo com os dados do ministério russo, o funcionário da embaixada dos EUA está diretamente ligado às Forças Armadas norte-americanas.Conforme a chancelaria russa, o funcionário da embaixada dos EUA estava saindo da Rússia depois do fim de sua missão. Segundo o próprio diplomata, ele adquiriu uma mina vazia para “coleção particular”. Como o norte-americano acabou perdendo o voo devido ao incidente, ele recebeu ajuda para mudar a hora da viagem, tendo voado para Nova York, mas já sem a mina, indicou o ministério.

Segundo o ministério russo, o diplomata fez isso de propósito, portanto, o incidente é estimado como uma tentativa de provocação.

“Tomando em consideração a altíssima atenção dada nos próprios EUA, após os atentados terroristas em 2001, à segurança no transporte aéreo, ele não podia não entender que uma mina na bagagem é algo muito sério. Isso significa que ele deu esse passo propositadamente”, comentou o ministério russo.

Sputnik