Disparos contra consulado dos EUA em Istambul

turquie ambassadeA Turquia está em estado de alerta desde que o Governo lançou a operação “guerra ao terrorismo” com ataques aéreos contra os combatentes do auto proclamado Estado Islâmico na Síria e contra militantes curdos no norte do Iraque, no passado 24 de Julho.

 Cinco polícias e um soldado perderam a vida num atentado à bomba na cidade de Silopi, no sudoeste da Turquia e no ataque ao edifício do consulado dos Estados Unidos da América em Istambul.

Os ataques acontecem a menos de 24 horas de os Estados Unidos terem enviado seis caças F-16 para a base de Incirlik para apoiar o combate ao grupo extremista do Estado Islâmico.

O ataque ao consulado foi reivindicado pelo grupo radical de extrema esquerda – Partido da frente de libertação popular revolucionária. Segundo a especialista portuguesa em Estudos Islâmicos e Médio Oriente, Maria João Tomás, o ataque desta manhã acontece por falta de falta de transparência quanto à intervenção norte americana no combate ao grupo auto-proclamado Estado Islâmico em território turco.

Noticiário Internacional