Disputa em Patos: Nabor e Dinaldinho mantêm segredo e só divulgarão alianças nas convenções

Disputa em Patos: Nabor e Dinaldinho mantêm segredo e só divulgarão alianças nas convenções

nabor-dinaldinhoOs pré-candidatos à Prefeitura de Patos, Nabor Wanderley (PMDB) e Dinaldinho Wanderley (PSDB), não querem saber de ninguém urubuzando o arco de alianças formado pelos seus partidos para a eleição. Os dois guardam a sete chaves os apoios conquistados e só devem anunciar seus aliados nos últimos minutos do prazo determinado pela Justiça Eleitoral. A Câmara de Patos possui 17 vagas.

Segundo Nabor, deputado aliado do governador Ricardo Coutinho, o PMDB deve ter 22 candidatos na chapa proporcional, mas espera montar uma coligação com 34 nomes. “Eu não queria divulgar quais são, mas são de sete a oito partidos. Estamos trabalhando para fazer a convenção no dia 5 de agosto, mas pode haver mudança. Está dependendo da confirmação das lideranças, com os partidos do arco. Queremos muito a presença de (José) Maranhão”, ressaltou o parlamentar.

Seguindo o exemplo do colega no legislativo estadual, mas adversário na política, o deputado Dinaldinho também só deve realizar a convenção no dia 5. O tucano também preferiu não mencionar quais as legendas aliadas e espera fechar as coligações antes do evento. “Não estou comentando os apoios porque a oposição não costuma dizer o que tem e quem diz é a situação. Você fica mais quieto e o resultado é uma surpresa”. Ele garantiu, contudo, que seriam legendas importantes e que está conversando com toda a oposição em Patos.

O mesmo mistério tem sido aplicado pelos concorrentes em relação à indicação de vice.

Blog do Gordinho