Disputa pelo poder leva prefeito da PB a abandonar aliados e romper com o próprio irmão

rompeu com o irmãoO poder transforma, une e também divide amigos e até familiares. Até nasfamílias tradicionais, a exemplo da ‘poderosa’ família Maranhão que tem protagonizado uma disputa fratricida pelo poder, imagina naquelas mais simples. Em Sobrado, cidade a cerca de 4 mil habitantes localizada na mata paraibana, na microrregião de Sapé, a disputa pelo poder ‘esfacelou’ a união de parte da família Coelho e adentrou a família Melo fazendo estragos.

Segundo relato do Portal Expressopb,o prefeito George Coelho (PSDB),na fotode camisa azul, nunca foi a maior liderança política em Sobrado, mas o seu irmão Marcos Coelho. Marquinhos como é conhecido é casado com a filha da ex-prefeita Célia Melo que comandou a cidade por longos 8 anos. Braço direito da sogra na Prefeitura de Sobrado, Marquinhos até que tentou sucedê-la nas eleições 2012, fez consulta no TSE, mas não obteve êxito. Mentor do esquema político da Dra. Célia, Marquinhos preteriu aliados de primeira hora e optou pelo irmão George para suceder a então prefeita.

Numa campanha bastante concorrida, George ganhou a prefeitura e em menos de um ano e meio de gestão, de uma maneira surpreendente, sem motivos, já deu cartão vermelho ao irmão Marquinhos e a toda a família Melo.

Os reais motivos do rompimento são mantidos em segredo de família, mas o fato é que o prefeito George está seguindo carreira ‘solo’ na política sobradense e pelo visto parece não se importar com isso, tanto assim o é que para mostrar que é o dono dos votos em Sobrado, vai apoiar o projeto de reeleição do governador Ricardo Coutinho (PSB), sem o apoio dos Melos, muito menos do irmão.

Em plena Semana Santa é indispensável que os irmãos esqueçam as questões políticas e celebrem a data que representa união e harmonia familiar.

PB Agora permanece atento aos bastidores da política paraibana.

Henrique Lima 

PB Agora