Doze cardeais eleitores ainda não chegaram ao Vaticano - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Doze cardeais eleitores ainda não chegaram ao Vaticano

Doze cardeais eleitores no Conclave ainda não chegaram ao Vaticano, segundo informou nesta segunda-feira o porta-voz Federico Lombardi, logo após a primeira das congregações gerais que precedem a eleição do novo papa.

O Vaticano divulgou os nomes de alguns cardeais eleitores que ainda não chegaram a Roma: Antonios Naguib (Egito), Bechara Boutros (Líbano), Joachim Meisner (Alemanha), Theodore Adrien Sarr (Senegal), Zenon Grocholewski (Polônia), Karl Lehmann (Alemanha), Rainer Maria Woelki (Alemanha) e Kazimierz Nycz (Polônia).

O encontro durou cerca de três horas e meia e teve a participação de 142 dos 207 cardeais, 103 deles votantes.

Os 12 cardeais votantes que faltam devem chegar entre a tarde desta segunda e a manhã da terça.

Durante a primeira congregação, o cardeal decano, Angelo Sodano, fez uma saudação e lembrou da importância do evento. Depois, houve o juramento. Cada um dos cardeais, de maneira individual, passou na mesa da presidência para fazer sua adesão ao juramento, o que levou algum tempo. Uma segunda congregação está marcada para as 17h (13h de Brasília), segundo a Santa Sé.

As congregações ocorrem quatro dias após a renúncia de Bento XVI, no dia 28 de fevereiro, que deu início ao período conhecido como Sé Vacante, em que a liderança da Igreja Católica fica desocupada.

O porta-voz do Vaticano informou que as reuniões desta segunda-feira não devem definir a data de início do Conclave, mas alguns temas que devem ser abordados nas reuniões são a reforma da Cúria Romana (o governo da Igreja) e a investigação interna sobre o caso “VatiLeaks” (vazamento de documentos confidenciais do Vaticano), assim como os escândalos e polêmicas dos últimos anos.

 

 

JB