Dunga começa a resolver quebra-cabeça de escalar a seleção brasileira sem Neymar

dunga mudançasNeymar e Robinho no treino desta sexta em Santiago

SANTIAGO, Chile – O quebra-cabeça que é a ausência de Neymar pode ter começado a ser resolvido nesta sexta-feira. Dunga comandou treino tático em campo reduzido, em Santiago, e apontou duas mudanças no provável time que vai enfrentar a Venezuela, pela última rodada do Grupo C da Copa América, domingo.

No começo da atividade, Philippe Coutinho e Douglas Costa ocupavam as vagas de Fred e do suspenso Neymar. Na segunda parte do treino, Dunga trocou Douglas Costa por Robinho. E, no fim, deu indícios de que o jogador do Santos será o substituto. Ele conversou separadamente com os titulares, e neste grupo estava Robinho. Depois, fez um treino sem oponentes, com Robinho e não com Douglas Costa.

A seleção trabalhou em um esquema similar a um 4-2-3-1. Fernandinho e Elias se posicionavam como volantes, e o trio por trás de Roberto Firmino, o atacante, era formado por Willian, Coutinho e Douglas Costa, posteriormente substituído por Robinho.

A atividade em campo reduzido seguiu um formato pouco usual, com quatro balizas no campo – uma em cada lado e duas nas laterais. A escalação que terminou o treino contava com: Jefferson, Daniel Alves, Thiago Silva, Miranda e Filipe Luís; Fernandinho e Elias; Willian, Philippe Coutinho e Robinho; Firmino.

  • Robinho e Philippe Coutinho no treino desta sexta em SantiagoFoto: RICARDO MORAES / REUTERS

O Globo