Dupla presa com três armas em JP simulava fiscalização da Receita Estadual da PB para roubar carros

Dupla presa com três armas em JP simulava fiscalização da Receita Estadual da PB para roubar carros

Os dois detidos ficaram recolhidos na Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC) da Capital e devem passar por audiência de custódia nesta quarta-feira (7) (Foto: Divulgação/Polícia Civil PB)

Dois homens foram presos suspeitos de receptação e adulteração de veículos. Eles foram capturados no bairro dos Bancários, em João Pessoa, na tarde desta terça-feira (6). O delegado Getúlio Machado, da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC) da Capital, informou ao ClickPB que a dupla colava logotipo do Governo do Estado e Receita Estadual para que as vítimas parassem acreditando estar passando por fiscalização.

No momento da abordagem policial, um dos suspeitos tentou fugir e entrou na casa do comparsa, nos Bancários. O local foi cercado  e os policiais conseguiram prender os dois.

Os presos pela Polícia Civil foram identificados como Bruno César Praxedes de Queiroz, de 34 anos, natural de Timbaúba e morador de Recife, em Pernambuco, e Ticiano Silva Fernandes, de 41 anos, natural do Rio Grande do Norte, que mora nos Bancários.

Com eles, a Polícia Civil encontrou três armas de fogo e dois carros roubados, um aparelho para detectar rastreador de veículos e dezenas de vias falsas de certificados de Registro de Licenciamento de Veículos, com o logotipo do Departamento de Trânsito da Paraíba (Detran/PB). Também foram recolhidos os adesivos de identificação da Receita Estadual da Paraíba e um aparelho luminoso usado no teto dos carros para  sinalizar a passagem de veículos de emergência. Esse material é de uso restrito das forças de segurança.

O material ilícito foi encontrado na casa de um dos homens. Uma mulher, identificada como companheira de um dos suspeitos, também foi levada à delegacia para ser interrogada. A Polícia Civil  investiga se ela tem participação nos delitos.

Em interrogatório, os dois homens admitiram a prática dos crimes. Eles serão autuados por receptação e adulteração de veículos, falsificação de documentos públicos e posse ilegal de armas de fogo.

Após serem submetidos a exames de corpo de delito, os dois serão recolhidos à carceragem da Central de Polícia Civil e serão apresentados em audiência de custódia nesta quarta-feira (7).

ParaíbaUrgente