‘É absurdo paralisar obra’, diz Dilma sobre recomendação do TCU

Dilma presd.A presidenta Dilma Rousseff afirmou, nesta sexta-feira (8), durante a inauguração de uma nova plataforma de petróleo em Rio Grande, no Rio Grande do Sul, que a recomendação recomendação do Tribunal de Contas da União (TCU) de paralisar sete obras pagas com recursos federais, entre elas a implantação de pavimentação da BR-448, a Rodovia do Parque, era “um absurdo”.

“É absurdo paralisar uma obra. É algo extremamente perigoso. Depois ninguém repara o custo. Para e ninguém ressarce o que foi perdido. Mas vai ficar pronta e vamos inaugurá-la”, declarou em entrevista a rádios locais. Ela garantiu que a rodovia será concluída.

A presidente acrescentou que pretende participar da cerimônia de inauguração da BR-448. “Eu não perco a inauguração por nada. É um resgate da segurança. Encerrou uma polêmica e é emblemática para qualquer governo”, afirmou.

Dilma negou a relação de sua presença no evento com campanha eleitoral. “Eu participei do processo dela. É uma rodovia que vai de fato garantir que não tenha trânsito pesado na região. É emblemática para meu governo, para qualquer governo que sabe o que cada cidade precisa, não tem nada a ver com eleição”, salientou.

 

Jornal do Brasil