Eleição Charliton e Lucélio: UM PASSO À FRENTE PARA OXIGENAR O PT

Anísio Maia um umNeste domingo, estamos realizando mais uma grande mobilização no PT para definir sua política no Estado, de acordo com o desejo que será expresso por nossos mais de 14.000 filiados aptos a votar. Na reta final da disputa, quero destacar a grande tarefa que terão pela frente os dois candidatos que reúnem as maiores possibilidades de vitória,
Charliton Machado Lucélio Cartaxo.
Lucélio vai comandar o PT de João Pessoa, utilizando sua condição de militante experimentado, para consolidar e ampliar o enorme patrimônio social e político conquistado a partir da vitória do companheiro Luciano Cartaxo na Capital. Tem todas as condições de reforçar nossa organização e motivar nossa militância para ajudar Luciano a realizar uma grande administração na nossa cidade.

Charlinho tem a responsabilidade de ampliar a influência política que o PT goza na Capital para todo o Estado.

Para isto, ele precisa executar as seguintes tarefas:

1 – Afirmar o PT como partido protagonista em qualquer debate para composição de chapas em 2014, já que não aceitamos mais ficar a reboque de qualquer partido. Somos hoje um partido de primeira grandeza na Paraíba e vamos fazer valer isto.

2 – Apresentar a Paraíba um Projeto de Desenvolvimento que aponte os caminhos para sairmos de condição de estado que menos se desenvolve na região Nordeste. Precisamos sair do debate vazio em torno de nomes para discutir propostas e projetos.

3 – Garantir a presença política do PT nas principais cidades da Paraíba, preparando candidaturas representativas para disputar o poder nestas junto com a esquerda e os movimentos sociais.

4 – Estabelecer uma política de crescimento partidário baseada em uma linha de expansão, que busque adesões qualitativas e representações ligadas aos movimentos sociais.

5 – Enfrentar a velha burocracia encastelada nos Diretórios Municipais, que transformou o PT em instrumento de barganhas pessoais; assim, abriremos espaço para novas lideranças.

6 – Capacitar os Diretórios Partidários para dinamizar suas atividades politizando e qualificando sua intervenção política nos municípios.

Realizadas estas tarefas, teremos direções municipais com capacidade de uma intervenção política coerente com as ideias do PT. Teremos, assim, um crescimento qualitativo, e aí poderemos dizer que preparamos o Partido para disputar o poder real no Estado.

Pelo que eu conheço dos dois, CHARLITON e LUCÉLIO estão mais do que aptos para realizar estas tarefas.

Assessoria